Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês

Decoração para apartamento pequeno com planta estreita

Projeto investe na integração de ambientes, em móveis planejados e faz render o espaço do apê de 48 m²

Por Texto: Renata Cattaruzzi | Reportagem visual: Lara Muniz | Fotos: Joana França - Atualizado em 19 fev 2020, 11h03 - Publicado em 2 abr 2018, 17h29

Depois de vários projetos já terem saído da prancheta da designer de interiores Carla Monza, do Estúdio Orla, de Brasília, chegou a vez do mais importante de todos: o do apartamento dela e do esposo, o advogado Thadeu Alencastro. Com muito estudo e planejamento, a reforma foi feita na ponta do lápis, com poucas e estratégicas intervenções. “É o primeiro trabalho que faço para mim e saiu exatamente como queríamos. O que mais gostamos é o fato de ter ficado muito aconchegante. Afinal, nossa casa tem que ser o melhor lugar do mundo, e conseguimos atingir esse objetivo”, comemora.
A sala precisa acolher!

º “Nós amamos ficar em casa e não somos de muitas visitas. Por isso, priorizamos o nosso conforto! Um exemplo é a ausência da mesa de jantar, que ocuparia muito espaço. Para nós, basta uma boa bancada de refeições”, justifica Carla. O móvel foi feito de MDF, fixado abaixo da bancada de concreto já existente.
º Marcando o estilo industrial, a parede de tijolos é um achado: as peças são de um artesão local, mais fininhas, feitas sob medida.

º O sofá de três lugares Sofo (Tok&Stok) fica mias atraente com um mix de almofadas (All White Allegra e Maya. Camicado). º A ajuda da família resultou em economia. O pai de Carla instalou a iluminação e a irmã colaborou com a montagem de móveis, como o bufê Arquimedes (Oppa, R$ 2 999,99) – acima dele, a prateleira é de marcenaria, em laca de mesmo tom.

º Na lavanderia, acoplada à cozinha, o tanque foi trocado por um de embutir. O armário acima dele é uma despensa, e abaixo, ficam materiais de limpeza.
Para ficar maior
º Com a integração da cozinha, o banheiro é o único espaço totalmente isolado por alvenarias.

º A privacidade do quarto vem com duas portas de correr (1).
º Na entrada do apartamento, a divisória de cobogós (2) cria um hall gracioso.
Divisão leve e com muito estilo

º A planta comprida previa a união completa dos cômodos, mas o casal decidiu isolar o quarto. Para tanto, Carla desenhou portas de ferro e vidro (executadas por uma serralheria). “Não quis uma de MDF pois achei que iria fechar muito o projeto. O vidro dá mais leveza”, justifica. Pensando no aspecto visual, não há trilho no chão, a folha móvel desliza em roldanas fixas no alto.

º O porcelanato do piso foi mantido e as paredes se cobriram de microcimento. “Ele se parece com cimento queimado, mas pode ser aplicado em áreas molhadas e sobre outros acabamentos”, conta.

Todos os cantos são ocupados
º No dormitório, a varandinha forma um dente na alvenaria e foi ali que Carla encontrou o espaço perfeito para montar seu escritório – usando apenas uma mesa, cadeira e três boas prateleiras.

º Reparou no criado-mudo? Ele é só a ponta de uma marcenaria que percorre toda a extensão da parede ao lado da cama, e serve como apoio e sapateira. Seguindo o estilo industrial da decoração, a cabeceira é de ferro (Queen Baronesa Preta. Dom Mascate, R$ 1 850).

º O banheiro também tem marcenaria caprichada, que aproveita todo o lado da pia. Microcimento reveste a bancada e a parede atrás do vaso.

Continua após a publicidade

*Preços pesquisados em fevereiro de 2018, sujeitos a alteração.

Publicidade