CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 12,90/MÊS

Casa paulistana tem décor com toque feminino

A escolha de peças desenhadas principalmente por mulheres definiu o décor delicado do lar da arquiteta Kika Camasmie

Por Reportagem Visual: Zizi Carderari | Texto: Nádia Simonelli Atualizado em 20 Maio 2022, 10h49 - Publicado em 12 fev 2018, 10h00
Casa paulistana tem décor com toque feminino
No living, destaque para a poltrona Bowl (Dpot), criada por Lina Bo Bardi nos anos 1950. Sofá da Prototype, tapetes da By Kamy e mesa de centro assinada por Claudia Moreira Salles (Dpot). À esquerda, arandela Jabuticaba, desenhada por Ana Neute (Itens), e mesas laterais da Etel. À  direita, banquinho de Claudia Moreira Salles para a Dpot e armário da Micasa. Manu Oristanio/Revista CASA CLAUDIA

Não é de hoje que a arquiteta Kika Camasmie admira o trabalho de mulheres que se destacam na arquitetura e no design. Tudo começou há alguns anos, quando conheceu a obra da francesa Charlotte Perriand, visionária que atuou em parceria com Le Corbusier.

Casa paulistana tem décor com toque feminino
Poltrona Paulistano, criada pelo arquiteto Paulo Mendes da Rocha em 1957. Luminária de Fernanda Brunoro (Dpot) e cesto de Inês Schertel. Manu Oristanio/Revista CASA CLAUDIA

“Ganhei dois livros sobre ela, vi suas criações numa bienal e me apaixonei”, conta. Desde então, começou a pesquisar a trajetória de outras profissionais da área e a colecionar peças desenhadas por elas. Na hora de montar sua casa, na Vila Nova Conceição, em São Paulo, Kika já tinha em mente que a inspiração para o décor seria o traço feminino.

Casa paulistana tem décor com toque feminino
Mesa lateral Joalheria, de Isabela Vecci (Dpot), sofá desenhado por Kika Camasmie e tapete da By Kamy. Almofadas da Codex Home e Poeira. Manu Oristanio/Revista CASA CLAUDIA

As linhas delicadas são uma característica comum entre os móveis escolhidos – alguns da época do movimento modernista e outros contemporâneos –, que levam a assinatura de nomes consagrados, como Lina Bo Bardi, e de representantes da nova safra, a exemplo de Luciana Martins, sócia da marca Ovo (uma das preferidas da arquiteta).

Carrinho de chá
Carrinho de chá desenhado por Lina Bo Bardi (Etel), bandeja e balde de couro, feitos pelo Atelier Watson para a Dpot Objeto, e foto de Fran Parente. Manu Oristanio/Revista CASA CLAUDIA

“As primeiras peças que comprei para a minha coleção foram desenhadas por ela”, afirma. Erguida nos anos 1950, a casa de Kika passou por pequenas reformas, o suficiente para ressaltar o mobiliário e se adequar a um estilo de vida mais atual, que pede ambientes integrados. A principal delas foi abrir a cozinha para a sala, já que a arquiteta costuma reunir os amigos com frequência em almoços e jantares deliciosos.

Continua após a publicidade

Sala de jantar
Kika na cozinha: um dos espaços mais movimentados da casa. Mesa de jantar da Ovo e cadeiras da Etel – a de couro é o modelo Masp, criado por Lina Bo Bardi. Fruteira Imigrantes, de Nicole Tomazi (Dpot Objeto), e banqueta Girafa, criada pela Marcenaria Baraúna em parceria com Lina Bo Bardi (Dpot). O piso foi pintado com tinta da Suvinil. Manu Oristanio/Revista CASA CLAUDIA

O balcão, feito de alvenaria e revestido de azulejos coloridos, é o destaque do espaço e o lugar onde todo mundo se reúne enquanto a comida é preparada. “Eu não costumo cozinhar, mas meus amigos fazem pratos maravilhosos”, conta.

Área externa com espreguiçadeiras e rede
Espreguiçadeiras Fedro, de Lorenza Bozzoli, e mesinha criada por Patricia Urquiola. Tudo da Dedon. O paisagismo leva a assinatura de Andrea Camasmie e Gil Fialho. Manu Oristanio/Revista CASA CLAUDIA

A estrutura da casa permanece intacta. “Procurei respeitar a arquitetura durante as mudanças que fiz. Um exemplo são os tijolinhos, que resolvi descascar e deixar à vista”, explica. Nos ambientes internos, o branco vai do piso às paredes e, juntamente com a iluminação natural, traz um clima fresh. As cores, tão delicadas quanto as formas das peças, aparecem como pequenas pinceladas e reforçam a ideia da energia feminina, que toma conta de cada canto da casa.

Varanda
No jardim, mesa e cadeiras de Juliana Benfatti e vaso de Brunno Jahara. Manu Oristanio/Revista CASA CLAUDIA
Quarto
Baú de couro, banquinho e vaso da Dpot Objeto, luminária Botanique, de Ana Neute para a Itens, e tapetes da By Kamy. Roupa de cama da Trousseau e cabideiros Huevos Revueltos, da Ovo.

 

Divulgação/CASA CLAUDIA
Continua após a publicidade

Publicidade