Travo na entrevista de emprego

Nossa colunista Cynthia de Almeida dá dicas para a leitora que, apesar de preparada, não se sai bem diante do entrevistador

Sempre acho que estou bem preparada, mas, na hora da entrevista de emprego, travo e não consigo me lembrar de nada muito interessante para falar sobre mim…

O nervosismo pode tanto emudecer quanto disparar o verbo de um candidato a emprego e o resultado, em ambos os casos, é péssimo. O melhor a fazer é simplesmente o óbvio: treine, treine, treine.  Um bom truque é o do “discurso do elevador”, que você pode ensaiar com amigos. No percurso entre o primeiro e o décimo andar, você tem que causar uma boa impressão: soar interessante , consistente e objetiva. Escolha uma pergunta por dia (há muitas relações de questões genéricas na internet feitas por diferentes tipos de RHs, dos mais moderninhos aos conservadores). Comece pela infalível: “Por que eu deveria contratá-la?”. Você tem 30 segundos para ir direto ao ponto e dar o recado. Um conselho: se você é tímida, escreva em casa antes, ensaie e resista à tentação de improvisar.

Cynthia de Almeida é colunista de CLAUDIA e escreve aqui no site toda terça-feira. Para falar com ela, mande um e-mail para redacaoclaudia@gmail.com.