CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 14,90/MÊS

‘Privilégio é invisível para quem tem’, diz Gal Barradas

Ana Paula Bogus, CEO da Kimberly-Clark Professional, Marcia Esteves, da Grey, e Maren Lau, do Facebook, discutem cultura corporativa

Por Da Redação Atualizado em 18 fev 2020, 10h36 - Publicado em 20 mar 2019, 18h32

Ana Paula Bogus, CEO da Kimberly-Clark Professional, Marcia Esteves, CEO da Grey, e Maren Lau, CEO do Facebook, se reuniram no Fórum CLAUDIA 2019 para debater sobre privilégios, sob a mediação de Gal Barradas.

O evento aconteceu nesta quarta-feira, 20 de março, no Teatro WTC, em São Paulo, e reuniu mais de 20 mulheres CEOs. Elas participaram do painel “Como hackear uma cultura? Ou por que privilégios ainda são invisíveis para quem tem?’

Todas as executivas falaram sobre os privilégios nos ambientes de trabalho. Para Gal Barradas, “só é possível atingir a igualdade quando se luta pela diversidade e pela inclusão”.

Já para Ana Paula Bogus, é necessário que haja um equilíbrio no ambiente de trabalho. Para ela, é preciso que toda mulher tenha coragem, “coragem de escutar seu próprio coração”. Além disso, ela falou sobre como a empresa em que trabalha está vivendo uma mudança na porcentagem de mulheres, já que, atualmente, 40% dos líderes presentes na empresa são do gênero feminino.

Maren Lau, presidente do Facebook na América Latina há 5 meses, conta como é importante ter um ambiente de trabalho inclusivo e como é essencial trabalhar como um time. Além disso, para ela, é importante criar um lugar de trabalho no setor tecnológico, em que as mulheres se sintam a vontade e tenham orgulho de fazer parte.

Marcia Esteves enfatizou o fato de o mercado publicitário já estar passando por transformações e estar se tornando um ambiente em que há muita diversidade. “Todos são bem vindos, desde que haja respeito e colaboração”, disse ela.

 

Confira as fotos do Fórum CLAUDIA 2019

Siga CLAUDIA no Youtube

Continua após a publicidade

Publicidade