Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês

Escola holandesa usa Facebook para ensinar História

O Facebook já não é apenas uma rede social, é também um meio de aprendizado

Por Redação M de Mulher - Atualizado em 16 jan 2020, 10h07 - Publicado em 23 set 2012, 21h00

Imagens de mapas e documentos históricos também aparecem nos posts
Foto: Divulgação

Quem diria que o Facebook seria uma boa ferramenta para o ensino? Segundo o Pensou Mulher Pensou Abril, área da Abril Digital que nasceu como movimento Habla, com o propósito de identificar tendências do comportamento feminino, uma escola de Amsterdã, na Holanda, está usando a time line da famosa rede social para despertar o interesse dos alunos e ensinar história.

Nas páginas Invenções do século XX, As Viagens de Fernão de Magalhães, Ascensão e Queda da União Soviética (temporariamente fora do ar) e Moda dos anos 1950 até hoje, a escola 4e Gymnasium apresenta fatos históricos em textos, imagens, vídeos e áudios, e convida os alunos a postarem perguntas, curiosidades e comentários.

Imagens de mapas e documentos históricos também aparecem nos posts, sempre em ordem cronológica, é claro. A novidade – que remete ao movimento Streaming de Memória, identificado pelo Pensou Mulher Pensou Abril, é resultado da parceria da escola com a agência de inovação THEY.

Já conhece o Movimento Pensou Mulher Pensou Abril? Passa lá e saiba antes das tendências de comportamento e mais…

Publicidade