CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR R$ 14,90/MÊS

Consegui emprego pela internet

Desempregada há seis meses, me inscrevi num site de recolocação e duas semanas depois estava contratada

Por Redação M de Mulher Atualizado em 21 jan 2020, 12h20 - Publicado em 28 out 2008, 21h00
Destaque da Matéria

Estou feliz com o meu novo emprego e com
minhas perspectivas profissionais
Foto: Arquivo pessoal

Não era a primeira vez que ficava desempregada. Logo que saí de Minas Gerais, aos 19 anos, fiquei um ano sem trabalho. Vinha de Três Pontas, da casa dos meus pais, para morar com duas irmãs em São Paulo. 

Achava que seria fácil conseguir uma oportunidade na cidade grande, mas senti na pele o quanto era difícil. Ainda bem que eu tinha juntado uma grana.

Nessa época fiz dois cursos. O primeiro, de informática. O outro, de telemarketing, foi uma enganação. Diziam que depois do curso seríamos contratadas. Mentiram. Bom, pelo menos o curso fez diferença no meu currículo.

Sem saber o que fazer, deixava meu currículo na administração de shoppings. Pouco depois consegui a vaga de vendedora e fiquei no shopping por dois anos. Pedi demissão porque não agüentava mais trabalhar o dia todo e ainda nos finais de semana.

Continua após a publicidade

É injusto cobrar de quem não tem salário

Perdida, voltei para Minas e fiquei lá por uns dois meses. Quando passou o Carnaval, voltei pra São Paulo cheia de gás.

Fui à praça da República, onde há várias agências de emprego, para deixar currículo. Nunca paguei. Acho injusto cobrar de quem não tem salário.

Sabe aqueles sites que deixam você colocar o currículo por sete dias de graça e depois começam a cobrar? Então, eu deixava nos dias gratuitos e depois tirava. Nada de gastar! 


 

Continua após a publicidade
Publicidade