CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 12,90/MÊS

5 passos para colocar as contas em ordem e realizar seus sonhos de consumo

O terrível hábito de gastar sem planejamento faz parte do seu dia a dia? A autora do livro Bolsa Blindada revela dicas certeiras para você sair do vermelho de uma vez por todas e conquistar seus objetivos. Confira!

Por Redação M de Mulher Atualizado em 15 jan 2020, 09h45 - Publicado em 20 jan 2014, 21h00

“É absolutamente impossível ter controle financeiro sem estabelecer um orçamento”, diz Patrícia Lages
Foto: Getty Images

Controlar a sua vida financeira é mais fácil do que você pensa! O livro Bolsa Blindada, de Patricia Lages, está fazendo o maior sucesso ao ensinar como cuidar do seu dinheiro para realizar seus sonhos, como comprar a casa própria, fazer aquela viagem, trocar o carro. “A vida financeira é bem parecida com andar de bicicleta. Se você pedalar demais na descida, pode não dar conta da velocidade e se esborrachar. Se pedalar pouco na subida, perde o embalo e provavelmente vai ter de descer e empurrar… É como a pessoa que gasta mais do que ganha e, uma hora ou outra, passa por um aperto”. Veja cinco passos certeiros que vão fazer sobrar dinheiro para conquistar o que deseja. Está disposta a “pedalar” para colocar as contas em dia? Então, vem que a gente ajuda você a fazer isso!

1. Avalie seus gastos

É fácil, mas pouca gente faz isso de verdade. É só fazer uma lista com tudo o que você consome diariamente, desde a hora que levanta até a noite. Só assim você vê para onde está indo seu dinheiro. Você toma café da manhã na rua? Dorme com a TV ligada (gastando energia)? Fica 20 minutos no chuveiro? É de pouquinho em pouquinho que o seu dinheiro some, viu? Feita a lista, pense quais custos você pode reduzir ou até mesmo eliminar da sua vida. A autora conta, por exemplo, que trocando a marca do sabão em pó, passou a economizar R$ 25 por mês – R$ 300 por ano! E, quando bater aquela preguiça de fazer a tabela, uma atitude que ajuda a economizar é pensar naquela coisa que você está morrendo de vontade de comprar e focar nela. Assim, não gasta com supérfluos.
 

2. Equilibre suas contas

Não tem segredo: se quer gastar mais com uma coisa, corte os gatos com outra. Patricia conta que um dia passou na frente de uma loja de sapatos e gastou R$ 1.000! E não estava planejando comprar sapatos. Como fechar as contas no fim do mês? Começou a fazer as unhas em casa em vez de ir à manicure. Ela fazia as mãos uma vez por semana e os pés uma vez por mês, e conseguiu economizar mais de R$ 4 mil em 30 meses. 
 

3. Estabeleça metas claras

Quais são seus sonhos? O que você quer fazer com seu dinheiro? Faça uma lista com seus desejos (cursar faculdade, matricular os filhos em escola particular, viajar, comprar um carro) e quando pretende realizar cada um deles. Patricia tem uma lista de dicas para ajudar você: seja realista, priorize suas necessidades e foque no que você quer. É preciso ter metas claras para planejar quanto vai economizar e com o que vai ou não gastar.
 

4. Trace um bom plano de ação

Hora de pensar em como você vai conseguir o que deseja. Pense no seu orçamento, na quantia que precisa para realizar seus sonhos, estabeleça um valor para guardar por mês e lembre-se das metas do passo três. Seu primeiro objetivo é cursar uma faculdade ou comprar uma casa? A partir de agora, você vai organizar seus gastos para conseguir conquistar esses desejos. Patricia resume esse passo: “Considere suas necessidades e seus desejos e priorize as coisas a serem conquistadas em curto, médio e longo prazo. Trace um plano, se possível com datas, para alcançar cada uma das etapas”.
 

5. Não desista!

Se você tem um sonho e precisa economizar para realizá-lo, é preciso manter o foco, mesmo que sua lista de gastos não inclua baladas, roupas novas, eletrônicos ou comer fora todo fim de semana. “Todas essas coisas que não foram incluídas podem até ser muito legais, mas certamente irão atrasar e, em alguns casos, inviabilizar o plano principal”, explica. Alcançar seus sonhos demora um pouco e exige um certo esforço. Mas não é por isso que você vai desistir deles, não é? No fim, vale a pena!
Publicidade