O ABC da coloração: o significado de termos como decapagem

Especialistas explicam o significado de algumas expressões usadas na hora de colorir os cabelos

Primeiro passo para a coloração sair do jeito que você sonha: entender o que o cabeleireiro está propondo. Para ajudar nessa conversa, preparamos, com a ajuda dos experts Dougllas Dias, do Studio W, Marília Tambasco, do salão Marcos Proença, e Romeu Felipe, do Romeu Felipe Creative Salon, um glossário com os termos técnicos mais mencionados. Não vá para o salão antes de dar uma checada!

Leia mais: 30 cabelos loiros das famosas para você se inspirar​.

Tonalizar: além de ser utilizado naquele sentido mais tradicional – ou seja, aplicar um tonalizante para alterar a nuance de um cabelo monocromático –, o termo também serve para definir a técnica de ajustar o colorido de mechas e reflexos. Depois de descolorir as áreas desejadas, o colorista “joga” o tonalizante escolhido em todo o cabelo e cria um efeito final tom sobre tom, sem grandes contrastes. O visual da top britânica Jourdan Dunn é um bom exemplo neste caso.

Getty Images/Ian Gavan Getty Images/Ian Gavan

Veja também: Guia do cabelo loiro.

Apagar o fundo: é quando, apesar de manter reflexos e mechas bem loiros, o colorista esfuma a passagem entre raízes e comprimento, obtendo uma transição menos marcada e mais suave. Após fazer a descoloração, o expert aplica um tonalizante da cor natural do cabelo (ou de um tom sutilmente mais claro) somente perto das raízes e controla, no olho, o momento em que começa a surgir um dégradée entre a raiz e o comprimento descolorido. Assim que isso começa a ocorrer, enxágua e remove o produto. É uma tática muito utilizada para obter um resultado natural e mais duradouro, pois a cliente pode deixar o cabelo crescer por mais tempo sem ficar com a aparência comprometida. Duvida? Então dá uma olhada na foto da modelo francesa Constance Jablonski para ter a certeza de que funciona!

Flickr/BeyRouth Flickr/BeyRouth

Leia mais: Expert em coloração desvenda o loiro de 12 famosas​.

Ombré hair: é aquele cabelo que tem raiz e parte do comprimento mais escuros e que, a partir do meio dos fios, começa a ficar, aos poucos, mais claro. As pontas são bem iluminadas. Seu auge foi há cerca de três anos, mas como é muito prático de se manter, continua sendo muito pedido – e feito – nos salões.

Getty Images/Imeh Akpanudosen Getty Images/Imeh Akpanudosen

Veja também: 5 mandamentos do loiro perfeito – segundo o novo expert queridinho das celebs​.

Sombré: um efeito sombreado muito sutil, com tons pouco contrastantes, realizado em fios castanhos – o look da youtuber americana Ingrid Nilsen é um ótimo exemplo. O colorista pode fazê-lo aplicando o descolorante com as próprias mãos ou então utilizando pincel e plaquete (chapa de plástico encaixada sob as mechas). É muito utilizado para criar duas colorações da moda, o castanho minimal e o flamboyant.

Getty Images Getty Images

Leia mais: Loiro perolado promete ser a tintura da temporada​.

Pontos de luz: fazer uma descoloração mais focada, concentrando a iluminação em pontos bem específicos. O strobing hair utiliza bastante esse recurso.

Getty Images Getty Images

Veja também: Loira e atual: 3 tons do momento para quem quer fios claros.

Mechas: descoloração realizada em feixes mais largos de cabelo – uma mecha, no geral, é marcada e contrasta bastante com a cor do fundo. Podem ser utilizadas sozinhas ou serem usadas em combinação com outras técnicas.

Dani Vieira Dani Vieira

Reflexos: feixes mais claros estreitos e irregulares, espalhados por toda a cabeça. Podem ser realizados com o auxílio de papel, plaqueta ou até mesmo à mão, dependendo do resultado que o colorista quer obter. O efeito final é bem luminoso, de cabelo beijado pelo Sol.

Getty Images Getty Images

Leia mais: Loiro dos sonhos: como combinar o tom do cabelo com a pele​.

Free hands: reflexos feitos totalmente à mão. Atualmente é considerada a técnica mais customizada de todas: ao fazer reflexos free hands, o colorista cria um loiro único, desenhado especificamente para aquela cliente. Quer visualizar como é? Então cheque a foto da atriz americana Olivia Wilde.

Getty Images Getty Images

Neutralização: “apagar” uma tonalidade indesejada e equilibrar o resultado final. Muito utilizada quando o loiro fica amarelado – nesse caso, o colorista passa uma coloração tom de pérola – ou na situação oposta, quando o loiro está muito frio e se quer esquentá-lo (nesse caso, a coloração escolhida é a dourada).

AgNews AgNews

Decapagem: tirar o excesso de pigmentos do fio com a ajuda de descolorante. Bem agressiva, é reservada para mudanças mais dramáticas – transformar um cabelo escuro em loiro bem claro, por exemplo.

Getty Images Getty Images

Escrito por Maria Cecília Prado, diretora do  site Beauty Editor, especial para CLAUDIA.

. .