Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Mito ou verdade: os produtos de cabelo podem encostar na raiz?

Você já deve ter ouvido por aí que nenhum produto pode encostar no couro cabeludo, certo? Para esclarecer de vez esse mito, consultamos especialistas em cabelo que solucionaram quais produtos podem ir direto na raiz. Confira!

Por Redação M de Mulher Atualizado em 15 jan 2020, 13h00 - Publicado em 15 out 2013, 21h00

Foto: Getty Images

Tanto medo em torno do assunto tem fundamento: produtos muito oleosos, quando em contato com o couro cabeludo, correm o risco de entupir os poros e obstruir a saída dos fios, o que pode resultar em caspa, queda de cabelo e aumento da oleosidade. Mas isso não quer dizer que você deve temer e evitar todos os produtos. Os que promovem a limpeza, esfoliação, fortificação e até alguns de styling devem, sim, chegar até a raiz. É o caso dos pré-xampus, ampolas e até algumas máscaras. “Alguns dos ativos presentes nestes produtos, como piritionato de zinco e zymo hair, tratam a oleosidade do couro e fortalecem os fios”, diz o tricologista Adriano Almeida, de São Paulo. Veja quais você pode usar e os cuidados que você deve tomar:

 

1- Máscara de hidratação

Sinal verde: a regra geral é usá-la com mais frequência nas pontas, das orelhas para baixo, mas em algumas situações pode chegar à raiz para nutrir o couro cabeludo. É o caso de quem aplica muitos produtos finalizadores ou de styling e usa xampu de limpeza uma vez por mês. “Esses produtos são mais agressivos e retiram os resíduos, a oleosidade e os nutrientes também. Então, é importante passar a máscara hidratante em seguida, caso contrário o couro cabeludo entende como uma agressão e começa a produzir mais sebo”, diz o cabeleireiro Flavio Rezende, do salão Blowout, no Rio de Janeiro.

Cuidado: toda atenção é pouca! “Certifique-se de que os produtos sejam livres de silicones e manteigas, que são muito pesados e podem deixar a área oleosa”, avisa Adriano Almeida.

 

2- Ampolas

Sinal verde: as ampolas são específicas para certos tipos de tratamentos e alguns deles começam desde a raiz. “É o caso das fortificantes, que contém vitaminas e aminoácidos e devem ficar em contato com o couro cabeludo para que haja a absorção desses nutrientes”, diz a dermatologista Tatiana Gabbi, representante do Departamento de Cabelos e Unhas da Sociedade Brasileira de Dermatologia, de São Paulo.

Cuidado: fique de olho na consistência da sua ampola. Algumas têm fórmula oleosa e não são indicadas para fios normais a oleosos.

 

3- Xampu seco 

Sinal verde: Ele funciona como um talco que suga a oleosidade dos fios, inclusive da raiz, e devolve o aspecto e a sensação de limpo. Alguns cabeleireiros usam até como finalizador –  ele dá um aspecto mate ao penteado.

Cuidado: Embora não cause irritação, ele deve ser usado somente em ocasiões especiais, pois também deixa resíduos que podem acumular e fazer mal à saúde dos fios. Para não correr riscos, lave o cabelo assim que possível e evite usá-lo todos os dias.

Continua após a publicidade


4- Protetor solar para cabelo

Sinal verde: pode parecer estranho, mas ele pode (e deve) entrar em contato com o couro cabeludo, pois a função dele é proteger contra os danos do raio solar. Use sem medo.

Cuidado: o truque para quem tem fios finos ou oleosos, que podem ficar pesados, é optar por produtos líquidos em spray. Borrife a uma distância de 20 centímetros da cabeça, para espalhar de forma homogênea, e depois de entrar na piscina ou no mar reaplique o produto.

 

Confira alguns produtos para você rechear a prateleira:

Mito ou verdade: os produtos de cabelo podem encostar na raiz?

Foto: Divulgação

1. Creme xampu para cabelos secos e couro cabeludo sensível, Leonor Greyl, R$ 136,00*

2. Tratamento esfoliante para couro cabeludo, Ouidad, R$ 206*

3. Máscara de hidratação Kerium, La Roche-Posay, R$ 64,90*

4. Pré-shampoo purificante Nativa Spa, O Boticário, R$ 15,99*

5. Mousse antiqueda Revitrat, Dermage, R$ 152*  

 

* preços pesquisados em outubro/2013

Continua após a publicidade
Publicidade