Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Como pintar o cabelo em casa e não chorar depois

Sim, é mais do que possível! ;-)

Por Lucas Castilho Atualizado em 21 jan 2020, 08h00 - Publicado em 9 jul 2016, 06h03

Em primeiro lugar, se a sua intenção é a de descolorir os fios, procure nunca fazer isso em casa, ok? E o mesmo vale para quem quer retocar mechas ou fazer um ombré, por exemplo. “O ideal é a pessoa fazer com um profissional, já que são procedimentos mais complicados e com altas chances de dar errado”, aconselha Diego Queiroz, do MG Hair.

Dito isto, confira alguns passos para ter sucesso na hora de pintar em casa!

Escolha o produto certo.

Na hora de escolher a tintura, Diego avisa para dar preferência aos produtos que tragam uma pré-coloração: “Às vezes os fios estão com as cutículas abertas e precisam ser selados (fechados) para receberem a química”. Depois disso, é só “mandar bala”!

Qual a sua necessidade?

Ficou na dúvida de quantas caixas comprar? Tudo depende do que você planeja! Se for apenas para retocar a raiz, uma caixa já basta. Agora, se o seu cabelo é médio ou grande e está a fim de pintar por completo, compre duas. Quer somente cobrir os brancos? Existem produtos especiais para isso, fique de olho!

Cabelo sujo = sucesso garatindo.

Regrinha de ouro: tente ficar pelo menos 24 horas sem lavar o cabelo, a oleosidade natural ajuda na proteção do couro cabelo e evita o aparecimento de alergias, por exemplo.

Proteção é tudo!

Nada pior do que depois de pintar o cabelo, você, sem querer, manchar a nuca, a orelha, a testa… Para isso não acontecer, lance mão de produtos como vaselina ou creme barbeador nas áreas em volta do cabelo. Vai ser sucesso!

Siga à risca o tempo recomendado.

Ei, é importante, sim, respeitar o tempo de pausa indicado pelo fabricante, normalmente de 30 a 40 minutos. Não adianta espernear ou ter com pressa: ficar mais do que o recomendado não vai clarear ou escurecer mais os fios. O mesmo vale para quem quiser enxaguar antes da hora, o resultado pode sair um desastre!

Saiba exatamente o que você quer.

Quando você decide pintar em casa, tenha em mente que o ideal é sempre escolher um tom já parecido com o seu. “Uma tintura nunca clareia a outra. A dica é prestar atenção na caixinha do produto para ver como ele irá agir no seu cabelo”, finaliza Diego.

Continua após a publicidade
Publicidade