8 penteados que toda menina em transição capilar deveria fazer

O processo não precisa ser traumático para quem optou pela a eliminação gradual do produto químico dos fio. Pelo contrário, pode ser empoderadora

Para as convictas em assumir os cachos, a principal questão sempre colocada em pauta é a desafiadora transição capilar. Mas a repaginada não precisa ser traumática para aquelas que escolheram a eliminação gradual do produto químico dos fios – aliás, muito pelo contrário – pode ser empoderadora, além de propiciar um reconhecimento das meninas através do contato direto com suas próprias madeixas, que em determinada altura do processo pode estar com duas texturas, uma lisa e uma crespa.

É por esses e outros tantos motivos que se conhecer é uma das tarefas mais difíceis para nós mulheres. E porque isso deveria se resumir apenas nas nossas características comportamentais se como estamos com nós mesmas é uma das maiores influências capazes de afetar o nosso estado emocional? É por esta razão, que nós listamos 8 penteados maravilhosos para as garotas que optaram por não fazer o big chop (conhecido como o ato de cortar toda a parte alisada do cabelo), confira:

1. Bantu Knots ou Carrapicho

Reprodução/Pinterest/Natural Hairstyles & Ideas Reprodução/Pinterest/Natural Hairstyles & Ideas

Fase da transição: a partir de um ano

Além de ser uma boa forma de camuflar as duas texturas desde o princípio até o fim da transição, o penteado te dará a prática necessária para realizar outros estilos mais difíceis. O resultado é tão maravilhoso que até Rihanna entrou na onda.

2. Braid-Out ou Trança Externa

Reprodução/Pinterest/Queen Keema Reprodução/Pinterest/Queen Keema

Fase da transição: a partir de um ano

Você pode fazer o penteado com tranças de raiz ou fazer tranças livres. Para fazê-lo, é recomendável trançar o cabelo à noite (pode estar seco ou úmido) para obter um melhor resultado. Quando acordar na manhã seguinte, terá um cabelo maravilhoso, no estilo dos anos 90. Para mantê-las longe do frizz, é recomendável prendê-las à noite com uma touca de seda.

3. Spiral Braid ou Trança em Espiral

Reprodução/Pinterest/Refinery29 Reprodução/Pinterest/Refinery29

Fase da transição: a partir de 6 meses

Este estilo é, definitivamente, para aquelas que estão na transição capilar somente há alguns meses. Além de lindo, o penteado é uma boa maneira para se proteger os fios e promete ser o queridinho do inverno, quando você prefere deixar as pontas presas para não ressecarem. Também é conhecido por ser uma opção super versátil!

4. Cachos definidos

Reprodução/Pinterest/Follow the Colours Reprodução/Pinterest/Follow the Colours

Fase da transição: de 3 a 6 meses

Neste estágio, o seu cabelo está mais liso do que cacheado, mas é neste momento que a textura natural começa a aparecer. Modelar os cachos é uma boa alternativa pois além de dar forma aos fios, é uma boa maneira de se acostumar com o resultado final após a transição.

5. Top Bun

Reprodução/Pinterest/Mz_Thammy Reprodução/Pinterest/Mz_Thammy

Fase da transição: a partir de 1 ano

A partir de um ano, as meninas que estão na transição começam ver que os desafios valem a pena. Super fofo, este é uma boa maneira de arrumar sua nova textura, que além de passar imperceptível, pode ser encoberta pela faixinha escolhida. É uma boa opção para aqueles dias que você prefere manter os fios presos, ou quando não está a fim de fazer algo muito elaborado.

6. Cinnamon-Roll Updo

Reprodução/Pinterest/Alexia Thornton Reprodução/Pinterest/Alexia Thornton

Fase da transição: a partir de 1 ano

É um penteado super charmoso, além de ser outra opção às tranças. E não se preocupe, parece que não, mas é super fácil de se fazer.

7.Crespo com moicano disfarçado

Reprodução/Pinterest/Sina Virgin Hair Reprodução/Pinterest/Sina Virgin Hair

Fase da transição: qualquer uma

Este estilo é para aquelas mais radicais, de atitude. Juntos, as tranças na raiz e o cabelo enroladinho bem definido formam um resultado impecável e super fofo! Ah, e não se esqueça de manter os cachos bem hidratados.

8. Marley Twists

Reprodução/Pinterest/Aubrey Diamond Reprodução/Pinterest/Aubrey Diamond

Fase da transição: a partir de um ano

Esta é uma boa opção para dar uma pausa no tão conhecido “faça você mesmo”. Mas é importante prestar atenção na qualidade do cabelo que será usado no penteado, caso contrário, poderá ser mais uma dor de cabeça no seu processo de transição capilar.