Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Querido Pet Por Querido Pet Notícias sobre saúde animal, novidades do mercado pet e, claro, tudo o que nossos queridos pets aprontam por aí

Cães podem farejar câncer em amostras de sangue, aponta estudo

Com 97% de precisão, os animais conseguiram distinguir amostras saudáveis das com a doença

Por Da Redação 11 abr 2019, 11h17

Além do uso em casos policiais, o olfato apurado dos cães agora também pode ser usado para detectar doenças. Segundo pesquisas, os animais podem ter quase 97% de precisão ao farejar câncer em amostras de sangue.

O novo estudo foi apresentado na reunião anual da Sociedade Americana de Bioquímica e Biologia Molecular e treinou quatro cães da raça beagle para distinguir amostras de sangue normais e amostras positivas de câncer de pulmão. Entre eles, três identificaram o câncer em 97% das tentativas.

Os resultados abriram portas para novos testes de detecção, mais baratos, precisos e não invasivos. Isso é possível porque os cães têm receptores no faro dez mil vezes mais eficazes que os dos humanos. Essa sensibilidade torna os odores muito mais perceptíveis.

Veja mais: São Paulo recebe grande feira de adoção de cães neste fim de semana

+ Fotógrafo registra fotos hilárias de cachorros tentando pegar comida no ar

+ Curso de “adestramento humano” colocará os donos no lugar dos pets

Siga CLAUDIA no Youtube

Continua após a publicidade
Publicidade