Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Denise Steiner Por DERMATOLOGIA A médica Denise Steiner é dermatologista, ex-presidente da Sociedade Brasileira de Dermatologia e doutora pela Unicamp

Como tratar (e que remédios usar) para calvície

Dermatologista Denise Steiner indica quais são os principais tratamentos para calvície ou alopecia androgenética

Por Denise Steiner Atualizado em 12 mar 2021, 15h50 - Publicado em 4 mar 2021, 12h17

A calvície ou alopecia androgenética é caracterizada pelo afinamento progressivo dos fios no topo do couro cabeludo.

Quanto antes for feito o tratamento específico, melhor o prognóstico do indivíduo.

A calvície é genética e os genes se expressam na puberdade, justamente na ocasião do início da produção hormonal. As pessoas que têm calvície, tanto homens como mulheres, não costumam ter alterações hormonais, porém o hormônio masculino em quantidade normal é suficiente para ligar a chave dos distúrbios da miniaturização capilar.

Os medicamentos que neutralizam a 5 – alfa redutase, como a Finasterida, Dutasterida, Flutamida ou Espironolactona, evitam o afinamento do fio, pois diminuem a quantidade de dihidrotestosterona, que é, em última instância, o hormônio provocador da miniaturização do fio.

Além do tratamento com medicamentos específicos, a calvície também pode ser tratada com o Minoxidil, que deixa a fase de crescimento mais longa favorecendo o espessamento da haste capilar. Hoje o Minoxidil é utilizado via oral em dose baixa, forma que tem se mostrado segura e eficaz. O Minoxidil via sistêmica permite mais aderência ao tratamento sem provocar efeitos colaterais.

No tratamento da calvície, é importante manter boa alimentação e sono regular, evitando o estresse físico ou emocional.  Já se sabe que essas condições pioram muito os sintomas da alopecia androgenética.

Outro ponto importante no tratamento da alopécia androgenética é tratar qualquer dermatite associada zerando qualquer descamação, coceira ou avermelhamento no couro cabeludo.

Vale ressaltar que o tratamento da calvície com microinfusão de medicamento na pele é interessante para evitar os efeitos sistêmicos das drogas.

Continua após a publicidade

Usamos uma máquina vibratória com agulha nas pontas e aspiramos as medicações que desejamos usar como: Finasterida, Dutasterida, Minoxidil, vitaminas entre outros. O movimento é suave e aplicamos o medicamento em todo o couro cabeludo.

O remédio terá ação no tratamento, mas a picada também melhora a oxigenação e provoca a chegada de fatores de crescimento do próprio organismo. Esses fatores são acionados assim que a pele sofre o pequeno trauma da agulha.

O Plasma Rico em Plaquetas é um tratamento promissor. Nesse caso, o sangue é colhido (8 ml) e centrifugado para separar o plasma da parte vermelha. O plasma que fica com concentração maior de plaquetas é aplicado com agulhas finíssimas em todo o couro cabeludo.

As plaquetas liberam fatores de crescimento naturais, que agem em diversos pontos do ciclo capilar. Eles estimulam o crescimento e espessamento do fio e ativam a célula tronco do folículo. Esse tratamento usa recursos naturais do próprio organismo. A Clínica Denise Steiner é especializada em tratamento capilar.

Cuide de seu cabelo.

Leia Também:

Melhor Microondas: 11 modelos para comprar em 2021.

Escova Rotativa: 6 modelos para comprar em 2021.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade