CLIQUE E ASSINE A PARTIR R$ 6,90/MÊS
Natália Dornellas Conversa de Vó Natália Dornellas é jornalista, podcaster e ativista da longevidade. Procura por avós e avôs para prosear e histórias de #avosidade para contar. É criadora do podcast Conversa de Vó e cofundadora da plataforma 40+ AsPerennials

Conheça Baddie Winkle, a vovó que viralizou no Instagram

Nesta semana, a colunista Natália Dornellas apresenta uma vovó viral e muito colorida e que tem até sua própria coleção de make

Por Natália Dornellas Atualizado em 22 out 2021, 17h03 - Publicado em 22 out 2021, 17h01

Quando ela passa no feed, a alegria se instala. Baddie Winkle (@baddiewinkle) está “roubando seu homem desde 1928”, tem sua própria coleção de make, milhões de seguidores no Instagram e fãs da grandeza de Rihanna e Miley Cyrus. Mas nem sempre foi assim.

Helen Ruth van Winkle, de 93 anos, levava uma vida bastante normal de vó sulista estadunidense, cuidando dos bisnetos e da fazenda de 6 acres, em Waco, no Kentucky, até se tornar sensação na internet em 2014. Tudo porque, um dia, sem a menor pretensão, sua neta tirou uma foto dela usando um short “destroyed” e uma camiseta tie-dye, que simplesmente viralizou.

@baddiewinkle
@baddiewinkle/Reprodução

Com a ajuda da mesma bisneta, ela configurou sua conta no Instagram onde postou a foto. “Eu sou uma má p **; sempre fui rebelde”, disse Helen em entrevista ao Bored Panda. O nome de usuário, Baddie Winkle, vem de uma junção de “bad” (má) e com o sobrenome van Winkle.

Baddie Winkle @baddiewinkle
@baddiewinkle/Divulgação

Embora seu estilo possa causar estranheza, nossa vovó gatona arrebatou as redes sociais com suas roupas brilhantes, excêntricas e ecléticas e, claro, uma atitude que muita garota não tem. Em 2019, Baddie Winkle lançou sua própria linha de maquiagem em parceria com a INC.redible. A coleção é inspirada em seus makes marcantes: blush bem marcado, sombras coloridas e batons vibrantes. Quem não quer crescer com metade de sua atitude?

@baddiewinkle
@baddiewinkle/Reprodução

*Para ver mais histórias com esta e acompanhar minha “curadoria de avós e avós”, acesse  nataliadornellas.com.br ou @nataliadornellas, no Instagram. Ah, e se conhecer personagens que mereçam ter suas contadas, me deixe saber, por favor.

Continua após a publicidade

Publicidade