Como não deixar seus desejos atrapalharem os seus sonhos

Para te ajudar, comece a identificar e a listar também todos os desejos de curto prazo que se tornam armadilhas para os seus grandes objetivos

É muita vontade para uma vida só. O modelo de celular mais recente. Aquela bolsa que está na moda. Uma casa própria. Uma viagem para a Europa. Um carro. Uma bicicleta. Um retiro de yoga. A mensalidade da academia. Um sofá novo. Uma aposentadoria tranquila. E assim por diante.

No entanto, todas estas aspirações não são iguais. Algumas delas têm o potencial de transformar a nossa qualidade de vida: um imóvel para chamar de seu, um futuro garantido com um bom plano para a sua aposentadoria, um mestrado ou pós-graduação. Já outros, não. São os nossos desejos: aqueles quereres que parecem que têm vida própria e muitas vezes nem duram tanto assim. São impulsos, ou quase.

O problema é que não dá para ter tudo na vida – e aqueles sonhos todos parecem tão distantes, tão difíceis de alcançar, que sempre deixamos eles para depois. “Abrir um plano de previdência? Hoje estou super ocupada. Vejo isso na segunda-feira.”

E, deste jeito, esquecemos deles. Priorizamos os nossos desejos de curto prazo, pois eles são muito mais fáceis de alcançar. Afinal, dá sempre pra trocar de celular em dez vezes “sem juros”, não? Acabamos caindo no ciclo ganha-gasta-reza para o mês acabar – e ficamos cada vez mais distantes dos nossos sonhos.

É como aquela velha metáfora do balde com pedras e areia. Imagine que todos os seus sonhos são pedras e os desejos do dia a dia, apenas areia. Se você tenta encher o balde começando com a areia, não vai sobrar espaço para colocar as pedras. Mas se você começar pelas pedras, conseguirá encaixar todas e depois poderá preencher os espaços com a areia.

Com a sua vida financeira, funciona do mesmo jeito: você precisa primeiro se organizar e planejar para realizar os seus sonhos e só depois começar a correr atrás dos seus desejos. Antes abra um plano de previdência privada e comece a contribuir mensalmente. Depois você troca de celular.

Não dá para ter tudo, mas você pode sim escolher o que você de fato quer para a sua vida. Então faça a sua escolha e prepare-se para correr atrás dela. Como disse o grande investidor Ray Dalio, fundador do maior fundo de hedge do mundo, “desejos são as coisas que você quer que podem te impedir de alcançar os seus objetivos”.

Você pode sonhar com uma aposentadoria tranquila, mas viver fazendo compras online. Você pode sonhar em perder aqueles 5 kg, mas não conseguir resistir à sobremesa. Seus desejos de curto prazo só  deixam você mais distante dos seus sonhos de longo prazo.

Por isso, comece hoje. Liste todos os seus sonhos e trace os planos para transformá-los em objetivos. É simples assim. Para ajudar, comece a identificar e a listar também todos os desejos de curto prazo que se tornam armadilhas para os seus grandes objetivos. E o principal: não deixe que ninguém te atrapalhe. Inclusive você.

Leia também: Quer enriquecer? Fique de olho na sua motivação

Independência financeira é arma contra violência doméstica

VOTE no Prêmio CLAUDIA e escolha mulheres que se destacaram

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s