De braços abertos

Com alguns cuidados básicos antes e depois da depilação, você exibe axilas macias, hidratadas, sem manchas e superlisinhas

É importante avaliar os prós e os contras de cada método de depilação. Prática, a lâmina é indolor, mas precisa ser utilizada quase todo dia. Se optar por ela, use sempre no sentido de crescimento do fio. Já a cera pode aumentar as chances de pelo encravado. “O trauma cria uma inflamação que causa o aparecimento de manchas escuras”, explica a dermatologista Carla Vidal, de São Paulo. Ainda existe o laser, que oferece solução de longo prazo, mas requer cuidados especiais durante o tratamento, como não tomar sol. 

Antes ou depois?
Aquela velha ideia de que fazer uma esfoliação antes de remover os pelos vai tornar as axilas mais lisinhas não passa de mito. “Isso pode deixar a pele ainda mais sensível e vulnerável a manchas”, alerta a dermatologista Juliana Carnevale, do Rio de Janeiro. O ideal é fazê-la durante o banho um ou dois dias depois da depilação e caprichar na hidratação. 

Hidratação, sempre!
Toda vez que você depila as axilas, até 36% do que se remove é pele. Sim! Por isso, é importante cuidar dessa região – que já tem uma pele mais fina e sensível. Após a depilação, use produtos com ação hidratante e calmante. Para manter a pele lisinha, também é essencial acertar no antitranspirante. É importante que ele proteja, mas também cuide da pele. 

Boa aposta
Com 1/4 de creme hidratante e vitaminas E e F, Dove cuida das suas axilas como quem cuida da pele, deixando-as mais macias e hidratadas. Experimente!