5 ingredientes controversos de produtos de beleza que você precisa conhecer

Nem tudo que promete te deixar bonita faz bem à sua saúde. Conheça os componentes tóxicos que podem estar presentes nos seus cosméticos

Você já parou para analisar os componentes dos seus produtos de beleza preferidos? Talvez esta seja a hora de analisar melhor o que você tem usado. Alguns ingredientes, que prometem te deixar mais bonita, são também tóxicos. Conheça-os e mantenha distância:

1. Parabenos

São um grupo de conservantes utilizados em muitos produtos cosméticos para mantê-los frescos e livre de germes. Em 2004, um estudo detectou parabenos em amostras de tecido mamário canceroso.  Os parabenos são também conhecidos por imitar estrogênio no corpo, o que os torna possíveis causadores de distúrbios hormonais. Os parabenos são facilmente absorvidos pelo organismo e expelidos, mas ainda não há estudos conclusivos sobre os riscos à saúde que oferecem a longo prazo.

2. Lauril sulfato

São agentes que removem a sujeira e o óleo. Eles são responsáveis ​​por criar espuma em shampoos e sabonetes de limpeza. Existem mais de cem diferentes variedades, algumas obtidas a partir de fontes naturais, como coco ou óleos de palma, e outras derivadas a partir de produtos à base de petróleo. A controvérsia envolvendo seu uso tem relação com propriedades irritantes à pele. Produtos sem sulfato são mais saudáveis para o cabelo, preservando a cor e os agentes hidratantes.

3. Compostos de alumínio

São compostos utilizados na produção de antitranspirantes para interromper a liberação de suor na superfície da pele. Um estudo de 2005 descobriu que a aplicação constante de antitranspirantes contendo cloreto de alumínio ou cloridrato de alumínio pode estar relacionada a um aumento das células de câncer de mama. Isto por causa da capacidade dos compostos em imitar o estrogênio no corpo. 

4. Ftalatos

São produtos químicos usados ​​em tudo, desde plásticos a cosméticos. Normalmente são usados para manter cosméticos, como esmaltes e sprays de cabelo, maleáveis. Alguns estudos recentes têm sugerido que os ftalatos são desreguladores hormonais, especialmente em crianças e homens, e podem causar danos ao sistema reprodutivo. Por causa dos riscos, a maioria das grandes empresas de cosméticos tem eliminado ftalatos dos seus produtos.

5. Triclosan

É um produto químico antimicrobiano encontrado em sabonetes e cremes dentais. Diversos estudos têm relacionado o triclosan a fibrose hepática, câncer e disfunção hormonal, bem como no desenvolvimento de superbactérias.  O triclosan dos produtos é absorvido pelo corpo e é detectável em amostras de urina. Agências internacionais de saúde têm feito estudos para rever a segurança do uso de triclosan em cosméticos. Elas observam ainda que não há provas que sustentam que sabonetes antibacterianos são mais eficazes do que outros sabonetes.