Clique e assine com até 75% de desconto

4 dicas para nunca mais passar batom errado

Contornar o lábio, acertar no tom, deixar batom no dente... Confira os segredos de especialistas para acertar no make sem passar vergonha

Por Gabriela Kimura Atualizado em 22 jan 2020, 01h23 - Publicado em 20 mar 2015, 12h25

Quem nunca se deparou com batom no dente? Ou o vermelho que insiste em borrar no cantinho? O produto é capaz de mudar totalmente o visual, mas é preciso tomar alguns cuidados na hora de aplicá-lo. Confira os principais problemas e como solucioná-los:

Boca carnuda e desenhada

Para deixar os lábios levemente maiores e também limitar a área que o batom será aplicado, normalmente recorremos ao lápis de boca. O grande problema é quando a cor do lápis não é a mesma que a do batom. Por isso, escolha o mesmo tom e evite passar muito além do traço da boca. “Para aumentar os lábios, contorne-os com lápis de boca da cor do batom ou aplique gloss”, ensina o maquiador Evandro Riboli.

Batom nos dentes? Sem chance!

Sempre que escolhemos aquele vermelho poderoso, às vezes acontece de ficar um pouquinho no dente. O segredo para evitar esse tipo de erro é apostar no corretivo, base ou pó para ajudar a fixar o batom. “Faça um contorno com lápis para boca no tom escolhido. Aplique o batom dentro desse traço com a ajuda de um pincel, porque isso fixa melhor o produto. Retire o excesso com papel absorvente. Na sequência, passe outra camada para deixar a cor mais acentuada. Assim você faz a maquiagem dos lábios durar um pouco mais e fica livre de possíveis manchas nos dentes”, explica a maquiadora e consultora Rosemeire de Oliveira.

Pele morena e batom escuro: pode!

As morenas e negras ficam lindas com um batom mais escuro, como o vinho ou um roxo! Dá para combinar um batom escuro com a roupa clara, estampada, escura… O único alerta é para não parecer pálida, um erro bem comum de quem acha que o tom mais fechado fica pesado no visual. “O segredo é investir no blush. Se você for morena ou negra, prefira tons mais fechados, como o vinho”, aconselha Dudu Medeiros, professor de fotografia.

Pele clara e batom também

Um dos maiores medos de quem tem a pele branquinha é parecer um fantasma com um batom de tom claro. Para não errar é fácil: prefira aqueles são rosa ou pêssego. “Evite usar os tons terrosos (marrom, por exemplo) ou metálicos, pois eles podem deixá-la um pouco pálida”, alerta Dudu Medeiros.

Continua após a publicidade
Publicidade