Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês

Testamos o Facebook Dating e contamos todos os detalhes para você

Eventos, grupos e amigo dos amigos: tudo virou uma oportunidade maravilhosa dentro da rede social para você encontrar alguém interessante!

Por Alice Arnoldi - Atualizado em 15 jan 2020, 18h19 - Publicado em 10 Maio 2019, 18h39

Aos fãs que não abrem mão dos aplicativos de relacionamento, atenção: o Facebook está no jogo com uma nova ferramenta que é perfeita para você conseguir mais contatinhos. O nome do recurso é Facebook Dating e foi disponibilizado no dia 30 de abril. Para ficar por dentro de todos os detalhes do “Tinder do Facebook”, nós testamos e te contamos como funciona. Confira!

Em alguns aparelhos, a opção apareceu como um aviso (bem convidativo, viu?) na parte superior da tela, na página do Facebook. Se isso não aconteceu com você, basta clicar no ícone de listinha do seu Facebook (ao lado do sino de notificações), e em “Ver mais” para encontrar a nova função.

Arquivo pessoal/Facebook

Ao acessá-la, você será avisado de algo importante sobre o Dating: usá-lo não permite com que o Facebook publique automaticamente alguma informação no seu perfil sobre o que você está fazendo dentro da nova opção da rede social.

Ainda na mesma página, acima do botão “Avançar”, aparece a opção de editar as configurações de privacidade da ferramenta. Isso significa poder escolher se as pessoas sugeridas para você dar match podem ser amigas dos seus amigos ou não.

Continua após a publicidade
Arquivo pessoal/Facebook
Arquivo pessoal/Facebook

Em seguida, o aplicativo pede para que você identifique o gênero com o qual se reconhece. Além de mais uma vez reforçar que a privacidade sobre os dados será mantida em sigilo, o Facebook merece pontos pela inclusão, pois as opções disponíveis são: “Mulher”, “Homem”, “Mulher trans”, “Homem trans” e “Não binário”. As mesmas sugestões aparecem na tela seguinte para que, dessa vez, você possa escolher por qual gênero é atraído, sem precisar eleger apenas um.

Para facilitar os encontros, a rede social também pede para que você ative os serviços de localização. Depois de toda essa parte burocrática (mas importante!), chegamos em uma das melhores: a hora de escolher qual foto queremos que apareça como a primeira do perfil. É possível importá-la da biblioteca do próprio celular, selecioná-la de algum álbum do Facebook ou até mesmo puxar alguma imagem do Instagram.

Com o perfil pronto, um leque de opções começa a surgir na tela do aplicativo. Tal como no Tinder, é preciso clicar na imagem da pessoa para conseguir ler a bio criada por ela. Inclusive, mais fotos costumam estar disponíveis abaixo da parte escrita. Vale ressaltar que, no local de dizer algo interessante sobre si, o aplicativo está com erros de acentuação – e algumas pessoas já estão pistolas com as falhas de português, viu?

Caso você goste do que viu, é só clicar em “Tenho interesse” e será possível enviar uma mensagem para a pessoa e, quem sabe, engatar uma conversa se o outro também tiver interesse em você.

Continua após a publicidade

Eventos e Grupos são seus melhores amigos

A localização não é único jeito de achar alguém para o próximo encontro. É possível ativar a opção “Eventos e Grupos” e dar match com pessoas que estão com presença marcada nos mesmos eventos que você e que fazem parte dos mesmos grupos. Da mesma forma que elas serão vistas no seu perfil, você aparecerá como opção para elas caso também deixem essa opção selecionada.

Arquivo pessoal/Facebook

Crush Secreto

Quem disse que apenas pessoas novas podem estar na sua lista de interesse? Com o Facebook Dating, você pode adicionar nove amigos da rede social com quem você gostaria de se relacionar. Caso a pessoa também adicione você na lista dela, o match está dado. Se não, fique tranquila, porque ninguém saberá que ela foi escolhida para fazer parte da sua seleção.

Arquivo Pessoal/Facebook

Já estamos amando a nova ferramenta. E que venham os dates!

Publicidade