Clique e assine com até 75% de desconto

Por que estar solteira nas festas de fim de ano pode ser incrível

Convocamos todas as solteiras ao redor do globo para um comunicado importante: vocês só têm motivos para comemorar!

Por Ketlyn Araujo Atualizado em 17 jan 2020, 11h29 - Publicado em 11 dez 2017, 15h08

Há quanto tempo você não namora oficialmente? Um ano? Três anos? Nunca namorou, ou terminou recentemente? Pouco importa. O ano está chegando ao fim e o melhor a fazer agora é esquecer de vez das convenções sociais. Não, amiga, você não precisa estar em um relacionamento sério para ser uma pessoa completa. Aliás, férias, Natal e Ano-Novo podem representar um momento favorável para você transformar a possível solidão em solitude – e ficar em paz consigo mesma.

Para ajudá-la a enxergar melhor o lado bom da vida livre, leve e solta, elencamos algumas razões que provam  que estar solteira durante as festas de fim de ano é tudo de bom. De nada.

Netflix à vontade

Seja fiel apenas à sua série favorita. Aproveite o tempo livre das férias, do recesso de fim de ano ou até daquele fim de semana preguiçoso e desfrute da sua própria companhia acompanhada por uma boa dose de Netflix. O melhor de tudo? Ninguém vai começar uma briga porque você não esperou a pessoa para assistir àquela season finale tão esperada.

Natal e Réveillon com as mais diferentes companhias

Já parou para pensar que não ter um relacionamento dobra as suas possibilidades no quesito festas e comemorações de fim de ano? Isso significa aproveitar ao máximo com todos aqueles que estiveram ao seu lado durante os últimos 365 dias, sem exceção. Dá para marcar presença em qualquer happy hour da empresa, jantar com família, emendar uma balada, passar para dar um beijo naquela amiga querida… as noites são suas.

Você não vai precisar apresentar ninguém na ceia de Natal – ou seja, nada de constrangimentos ou interrogatórios…

Apenas os parentes de sempre e a boa e velha piada do pavê. Ok, a clássica pergunta sobre os namoradinhos (ou namoradinhas) também promete comparecer no dia. Mas dá para tirar de letra, vai?

… ah! E você também não será apresentada a nenhuma família nova

Dá até um alívio.

Nada de quebrar a cabeça para encontrar um presente incrível para o mozão/mozona

Preocupações com presentes românticos e criativos? Tô fora. Pego as minhas comprinhas e vou embora.

A propósito, sobrará mais dinheiro para você gastar como quiser

Verdade seja dita: não ter um par é sinônimo de economia, ainda mais nessa época do ano. Resolva as pendências de Natal, como presentes para a família, e use o que sobrou com sabedoria. Que tal planejar aquela viagem para uma pessoa só?

O Ano-Novo não precisa, necessariamente, ser um grande evento

Respeite seu momento. Se o desejo for curtir horrores a noite de ano novo, vá em frente. Mas saiba que ficar em casa, quietinha, ou chamar só os amigos mais próximos para uma reunião, não precisa ser um problema. Os únicos responsáveis pelo seu Réveillon são você e suas vontades.

“Quando você finalmente está sozinha em casa”.

Continua após a publicidade

E, caso você decida por badalar, lembre-se de quanta gente nova você poderá conhecer

Seja para dançar, flertar ou apenas bater um papo, estar solteira é dar boas-vindas para novas companhias o tempo todo. Use a virada para se permitir – com responsabilidade e sem arrependimentos.

Aproveite para juntar as amigas

Drinques, você, suas amigas e uma noite inteira pela frente. Se elas também estiverem solteiras, a parceria fica ainda melhor.

Preocupações para o próximo ano? Só as suas. E já está de bom tamanho

Quando se está em um relacionamento, por mais que a gente queira evitar, acabamos compartilhando problemas e preocupações – ou seja, anseios e dificuldades fazem parte não só da sua vida, mas do casal. Mais uma vantagem da solteirice: você pode ter 99 problemas, mas eles só dizem respeito a você.

Vai ser mais fácil realizar todos os seus planos

Sim, é uma delícia planejar uma vida a dois. Mas planejar um ano sozinha e, claro, estar aberta a possibilidades, pode ser tão ou ainda mais gratificante. Coloque no papel todos os planos que você pretende executar daqui pra frente – um curso, uma viagem, uma habilidade que você sempre quis desenvolver…  – quem sabe em um desses espaços você não se depara com alguém especial?

A praia fica muito mais interessante quando se está solteira

Ah, o verão

O Carnaval está mais próximo do que nunca

Para quem aguentou a solteirice o ano todo, dá para segurar bem por mais uns dois meses. Você não vai querer oficializar aquele rolo eterno logo agora, né?

Duas palavras: viajar sozinha

Se você nunca viajou sozinha, a fase livre é um ótimo momento para colocar a mochila nas costas e explorar o mundo. Nem precisa ir muito longe, já que destinos dentro do seu próprio país também são experiências incríveis. Caso se sinta insegura em um primeiro momento, converse com outras mulheres que já viajaram sozinhas, e troque dicas sobre os destinos considerados mais seguros e tranquilos. Viajar é um dos melhores jeitos de conhecer a si mesma.

Por que não?

Por que não estar solteira, afinal? A nossa principal intenção aqui não é desmerecer relacionamentos, mas promover o amor próprio. No fim das contas, o clichê é verdadeiro: se você não amar a si mesma, como conseguirá amar outra pessoa?

Já que o fim de ano sempre é uma época de reflexão, tire esse tempo para repensar suas relações, se dedicar às coisas que você gosta de fazer e, de uma vez por todas, relaxe. Estar solteira pode, sim, ser algo incrível – e não só durante as festas.

 

Continua após a publicidade
Publicidade