Assine CLAUDIA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Perdi a virgindade aos 29 com uma cinquentona

Faltando apenas um mês para eu completar 30 anos, descobri o amor com uma mulher bem mais experiente

Por Redação M de Mulher
Atualizado em 21 jan 2020, 09h18 - Publicado em 16 fev 2009, 21h00

Antes da Jussara, tinha beijado só uma vez 
na vida. Não tinha ideia de como era bom 
ter alguém para dividir momentos de prazer
Foto: arquivo pessoal

Sempre fui um moço quieto. Vim do interior para Porto Alegre com 13 anos. Tinha uma vergonha danada, que me impedia de me aproximar das garotas… Mesmo quando achava alguma bacana, um medo inexplicável tomava conta de mim e me tirava toda a coragem. Até fiz aulas de teatro pra ver se ficava mais desinibido. Em vão…

Imagine um cara com 28 anos, solteiro e virgem. Tinha gente que achava que eu era gay! Mas eu não dava bola, nunca fui de me importar com a opinião dos outros. Minha sorte mudou quando a Jussara, irmã da minha ex-patroa, foi trabalhar com a gente.

No início, ela era só colega de trabalho

A Jussara tinha 52 anos, era divorciada, mãe de três filhos adultos e avó de dois meninos. No início, eu era apenas mais um colega de trabalho, mas, com o passar do tempo, percebi que ela me olhava diferente.

Continua após a publicidade

As gurias do trabalho me contavam que ela me achava bonito. Eu ficava nervoso. Afinal, nunca tinha sido paquerado antes! O único beijo na boca que tinha dado na vida foi numa brincadeira com uma amiga — e não durou nem dez segundos.

Diante das investidas da Jussara, procurei meus colegas Alexandre e Giovani pra ver o que eles achavam. Os caras me disseram que era natural: “Vai em frente, ela tá a fim de ti, cara”. Acontece que, pra mim, era tudo muito diferente. Eu ficava na minha, não sabia como agir. A Jussara já estava me cercando havia uns seis meses quando o pessoal do trabalho agitou uma viagem para a praia.

Lá, meus colegas armaram para nos aproximar. Fizeram eu e a Jussara dormirmos no mesmo quarto. Eles sabiam que ela estava a fim e desconfiavam que eu era virgem. O único que sabia, mesmo, era o Alexandre, que reagiu como se fosse coisa de outro mundo.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Moda, beleza, autoconhecimento, mais de 11 mil receitas testadas e aprovadas, previsões diárias, semanais e mensais de astrologia!

Receba mensalmente Claudia impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições
digitais e acervos nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 12,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.