Elas querem menos preliminares, mais ação e sexo sem tantas regras

Nem toda mulher precisa de ~aquecimento~ antes do sexo. Se você é uma delas pode ficar tranquila: você não está sozinha!

“Eu evito falar sobre preliminares porque parece que existe um consenso. Se eu falo que gosto de ir direto ao ponto, passo a impressão de ser… sei lá. Chata, frígida. Mas eu não sinto nada quando os caras tocam meus peitos, por exemplo. Quando tocam com a língua, com as mãos, qualquer coisa. Me dá um certo tédio. Não gosto também de beijos muito demorados que ficam indo pra orelha”, conta a estudante Cássia Menezes.

Caprichar nas preliminares é um dos conselhos que homens e mulheres mais ouvem ao longo da vida, quando o assunto é sexo. Carícias, toques, beijos e provocações de fato podem ajudar a preparar o clima para a hora H, e são muito importantes para algumas pessoas. As preliminares são tão valorizadas, que quem, como Cássia, não liga muito para isso, acaba se sentindo esquisita.

Reprodução / Giphy Reprodução / Giphy

Reprodução / Giphy (/)

É importante é lembrar que para o sexo, assim como para a vida, não existe manual de instruções ou fórmula do sucesso. Então não há nada de errado em sentir vontade de pular os preâmbulos e ir direto para a ação. “Algumas mulheres não gostam de preliminares porque são mais estimuladas pelo visual e preferem ir direto ao ponto”, explica Rita Ma Rostirolla, sex personal trainer e consultora comportamental. Segundo ela, isso acontece com frequência também com mulheres que sentem mais prazer e têm orgasmos vaginais com facilidade, sem tanta necessidade da estimulação do clitóris.

“Para encontrar nosso próprio caminho para o prazer, não podemos depender apenas das preliminares e sexo com o parceiro. É importante que a mulher se conheça, que saiba onde estão seus pontos erógenos”, explica Rita. Somos ensinadas que homens são visuais e mulheres nem tanto, mas a imaginação pode ser bastante erótica, e às vezes só pensar no que vai rolar pode te deixar pronta para a ação: “A possibilidade de fazer sexo é o que me deixa mais excitada. Se vou a um bar, fico com alguém e rola um clima, por exemplo, já chego ao motel preparada pra penetração”, conta a professora de inglês Mariana Ribeiro Galdeano.

Reprodução / Giphy Reprodução / Giphy

Reprodução / Giphy (/)

Para quem não curte muito, preliminares demoradas podem ter o efeito inverso ao esperado. “Quando os caras insistem nas preliminares, a impressão que eu tenho é que eles acham que estão fazendo o certo, que toda mulher quer essas enrolações, que toda mulher tem que ser conduzida bonitinha até a penetração. Se eles insistem muito é como se eu deixasse de ser – também – protagonista do sexo. Eu estou falando que quero começar logo, por que não me escuta?”, questiona Cássia. Daí as preliminares, que eram para ser um aquecimento para a penetração, se transformam em algo corta-tesão. 

Quem se entedia ou se irrita com preliminares longas e insistentes, portanto, precisa se manifestar. Tudo bem se você, mulher, não curte enrolação, mas é necessário deixar isso claro para o seu parceiro, senão ele nunca saberá. Você pode falar isso claramente, ou dar sinais do que você gosta e não gosta durante o sexo. Mas não deixe de se comunicar – é o jeito mais fácil de conseguir o que você deseja.

Reprodução / Giphy Reprodução / Giphy

Reprodução / Giphy (/)

Não é uma tarefa simples explicar para o parceiro que com você não funciona nada daquilo que ele sempre foi ensinado. E mesmo quando você explica, a reação dos homens pode não ser a esperada. “Já perdi a conta de quantas vezes eu perguntei ‘e aí, quando vamos começar esse negócio?’ E os caras respondem ‘calma, você não quer ~brincar~ mais?’ Como se eles soubessem o que estão fazendo, como se toda mulher gostasse de enrolar”, conta Cássia.

Preliminares, preliminares, sexo oral à parte
As mulheres com quem conversamos e que não curtem a “enrolação” das preliminares, no entanto, não abrem mão do sexo oral. Porque sexo não é só penetração, afinal de contas! Por algum motivo o oral é relegado a preliminar e não tem todo o status da penetração, mas pode ser o que falta para que muitas mulheres alcancem o prazer que tanto buscam.

“Tanto para homens quanto para mulheres, o estímulo oral é o melhor para chegarem ao orgasmo. A boca proporciona imenso prazer, afinal além dos lábios que são macios, tem a saliva que é um lubrificante natural e é térmica também. Além da língua, que é o membro mais inquieto que temos no nosso corpo, e usá-la para estimular é muito prazeroso”, explica Rita.

Talvez esse seja o elo perdido entre mulheres que amam e odeiam preliminares. Quer descobrir? O único jeito (e que, ainda bem, é gostoso) é testar o que funciona para você.

AVISO AOS NAVEGANTES: Se você é homem e está lendo esse texto, atenção! O que você precisa saber é que cada mulher é de um jeito, e cada uma reage de maneira diferente. Algumas amam preliminares e não vivem sem elas. Outras preferem ir direto ao ponto que as interessa. Escute o que a mulher diz, preste atenção ao que ela demonstra entre suspiros e respiração, e, se necessário, mude a rota para chegar ao destino desejado por todo mundo: o orgasmo.