CLIQUE E ASSINE A PARTIR R$ 6,90/MÊS

Como identificar se o seu melhor amigo é o homem da sua vida

Ele é sua melhor companhia para todas as atividades, mas... dá namoro? Levantamos questões para você analisar se vale a pena dar o próximo passo.

Por Redação M de Mulher Atualizado em 15 jan 2020, 23h12 - Publicado em 29 Maio 2013, 21h00

É amor ou amizade?
Foto: Getty Images

Ele é o cara para quem você dá o seu primeiro bom-dia. É nele em quem você pensa quando quer pedir um conselho, contar segredos e demonstrar carinho. Muito bem, esse é o seu melhor amigo. Mas será que a relação de vocês pode ter algo a mais? Uma grande amizade sempre tem grande potencial de virar um romance. Mas nem sempre é fácil detectar a paixão que você nutre (e às vezes nem sabe!) por ele. E ainda existe o pânico de perder o parceiro de diversão se o caso não der certo. Aprenda a reconhecer se a relação de vocês realmente pode render uma linda história de amor. Será?

Você só vê as qualidades dele

“Quando está apaixonada, a pessoa enxerga o outro de maneira idealizada e dificilmente percebe seus defeitos. Além disso, existe um forte desejo de estar junto a maior parte do tempo”, esclarece Simone Puras, psicóloga e especialista em Psicoterapia Psicanalítica.

Tem crise de ciúme?

“Medo de perder o amigo e ciúme em exagero reforçam que algo mudou na amizade de vocês”, ressalta a psicóloga Silvia Rezende Azevedo. Se o seu coração aperta quando você o vê com outra mulher, fique atenta ao conselho de Simone e reflita: “Você tem receio de perder a amizade e o lugar especial que ocupa na vida dele ou tem medo de perder a possibilidade de ser a namorada dele?”.

Jogue aberto

A principal ferramenta de uma amizade é o diálogo. Tire proveito disso, garota! “Vale a pena conversar francamente com ele. Só assim vocês podem descobrir se o amor é recíproco ou se alguém está iludido e entre vocês é melhor que a amizade prevaleça. E a partir daí podem continuar a relação numa boa”, aconselha Silvia. Simples assim!

Pode ser carência e solidão

Os interesses e os sentimentos podem mesmo se misturar, até porque vocês são íntimos. “É a escolha dos dois de conversar e identificar o que sentem que vai definir se o relacionamento pode ir além da amizade, e se existe a possiblidade de romance”, explica Simone. Nunca force a barra se sentir que ele não está a fm.

Rolou, e agora?

Primeiro de tudo, tenha calma! Essa é a hora de prestar atenção no que vai acontecer nos próximos dias. Se depois do encontro os dois voltarem ao papel de ‘grandes amigos e nada mais’, a questão já está respondida. Sigam em frente. “Porém, se sentirem vontade de experimentar algo mais, por que não apostar? É arriscando que se descobre”, aconselha Simone. O importante é ser feliz sem medo!

Continua após a publicidade

Publicidade