Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês

21 games que marcaram a infância nos anos 90

Não importa se PS1, Nintendo ou Sega: isso era diversão!

Por Gabriela Kimura - Atualizado em 21 jan 2020, 05h31 - Publicado em 4 set 2016, 07h00

Ah, a nostalgia! Nos anos 90 tinham muitos materiais escolares ~descolados~, vários filmes que marcaram época e tendências de moda que transformavam os dias das crianças e adolescentes. Dentre jogar baralho, dominó e Jogo da Vida, a gente também gostava muito de ir até a casa daquele(a) amigo(a) que tinha um videogame e ficar a tarde toda brincando nos controles. Como era bom e a gente não sabia!

1. Crash Bandicoot (1996)

Apesar de não ter sido o primeiro lançamento da marca, o marsupial ficou famoso mesmo com a série Bandicoot, originalmente feito para o PlayStation 1. E era a maior ~briga~ para ver quem iria jogar primeiro!

2. Final Fantasy VII (1997)

Considerado o jogo principal da série – que tem mais 15 títulos -, Final Fantasy VII é também um dos melhores jogos eletrônicos já produzidos. E dizem por aí que uma nova versão para o PS4 está para ser lançada!

3. Super Mario World (1991)

Também conhecido como Super Mario Bros. 4, o jogo contava com nove mundos e 96 saídas existentes – tudo para resgatar a Princesa Toadtool (ou Peach), raptada pelo terrível Bowser. O lado bom dos jogos da Nintendo é que sempre dava para jogar com o(a) seu(sua) irmão(a). E normalmente ele/ela era o Luigi.

4. Street Fighter II (1991)

Continua após a publicidade

Se você era fã de jogos de ~lutinha~, sabe que o Street Fighter perdurou por muitas gerações: o primeiro jogo lançado para os arcades foi em 1976! Mesmo tendo oito jogadores, o mais legal era ser a Chun-Li, única personagem feminina do game. A mão tinha até cãimbra de tanto apertar os botões para soltar os especiais!

5. Mortal Kombat (1992)

Além do Street Fighter, outro jogo de duelos entre os jogadores também era bem querido: o Mortal Kombat. O mais divertido dele era descobrir os Easter Eggs, os itens secretos, como personagens, músicas e afins. Assim como o seu similar, também só tinha uma personagem feminina: Sonya Blade.

6. Sonic The Hedgehog (1991)

O lançamento da Sega conquistou milhares de fãs no mundo todo – que, diga-se de passagem, até hoje amam esse game. Quem consegue esquecer aquela música incrível?

7. Resident Evil (1996)

Desde o primeiro título, Resident Evil era aquele jogo que a gente adorava jogar, mas morria de medo! Aliás, assim como muitos outros games da época, ele também serviu de inspiração para virar história de filme.

Continua após a publicidade

8. California Games II (1990)

Apesar de a primeira versão ter sido lançada em 1987, o jogo caiu no gosto dos fãs mesmo nos anos 90, pois ele era, originalmente, feito para computadores – e só depois foi adaptado para as plataformas de videogames. Sendo assim, a segunda versão também virou moda com as modalidades de skate, surf, “embaixadinhas”, patins, ciclismo (BMX) e frisbee. A cara da Califórnia!

9. Donkey Kong Country (1991)

A verdade é que a Nintendo tem uma grande participação na infância gamer: quando chegou o Donkey Kong Country, todo mundo que conhecida o universo da marca queria jogar. E pegar umas bananinhas, claro!

10. The Legend of Zelda: Ocarina of Times (1998)

A continuação da saga de Link chegou para o Nintendo 64 quase no final da década, mas a série estreou em 1986 para o NES, tendo aparecido ainda no Super Nintendo (1991) e Gameboy (1993).

11. Daytona USA (1994)

Continua após a publicidade

O que era legal mesmo no Daytona USA era a sensação de “dirigir” um carro com volante, câmbio e pedais – ainda que ninguém soubesse exatamente para que serviam as marchas.

12. Super Mario 64 (1996)

O carro-chefe do novo console também revolucionou o mercado dos jogo da Nintendo, sendo um grande propulsor de vendas do videogame e uma novidade em 3D muito bem aceita.

13. NBA Jam (1993)

Se você gostava de esportes e, mais do que isso, de basquete norte-americano, o NBA Jam era exatamente isso: permitia que você se tornasse os maiores jogadores da liga de 1992/1993.

14. Silent Hill (1999)

Duas palavras definem perfeitamente o que a gente sentia ao jogar: terror psicológico. E isso fazia com que ficássemos ainda mais viciadas nele!

15. Diablo (1996)

Continua após a publicidade

RPG é um tipo bem clássico de games, tanto de consoles quanto de computador, mas nada se compara a Diablo. Aliás, os fãs tiveram que esperar quase seis anos até a versão final – ainda bem que valeu a pena!

16. Tomb Raider (1996)

Não, a Angelina Jolie não era a estrela daquele filme de ação muito divertido de 2003. Porém, a saga de Lara Croft é tão bem sucedida que, em 2006, ela foi considerada a “Melhor Aventureira Heroína do Mundo de vídeo-jogo/videogame mais bem sucedida”, pelo Guiness Book.

17. Gran Turismo (1997)

O GT, como ficou conhecido, era aquele jogo que sempre dava briga, porque você nunca queria sair do controle!

18. Tony Hawk’s Pro Skater (1999)

Skatistas de plantão, a gente sonhava com fazer as manobras ~ mais radicais~ e bater o amiguinho nos pontos. Fora que era bem legal ser Tony Hawk por um dia :).

Continua após a publicidade

19. Crazy Taxi (1999)

Parece história de filme (ou da vida real), mas o mais legal do Crazy Taxi era ter que levar passageiros ao seu destino o mais rápido possível. Isso sempre significava infringir uma (ou várias) lei de trânsito aqui e outra ali!

20. Spyro The Dragon (1998)

Muito antes de mamãe Khaleesi chegar aos nossos corações, outro dragão já era rei nessa terra: o Spyro. Já naquela época, o jogo ficou tão popular que, em termos de venda, empatou com o Crash Bandicoot, como ícones dos consoles.

[REL:true]

Publicidade