11 pessoas morreram no incêndio do Hospital Badim no RJ

Bombeiros já encerraram as buscas por vítimas

Nesta quinta-feira (12), por volta das 18h30, o Hospital Badim, associado à rede particular D’Or, no Rio de Janeiro, foi destruído parcialmente por conta de um incêndio. Das 103 pessoas que estavam internadas na unidade, 11 morreram, segundo a TV Globo.

Não perca o que está bombando nas redes sociais

De acordo com a direção do Hospital Badim, os bombeiros encerraram as buscas por corpos no final da madrugada.

Até o momento, duas vítimas foram identificadas. São elas: Irene Freiras de Brito, de 84 anos, e Luzia dos Santos Melo, de 88 anos.

Para tentar fugir do incêndio, uma acompanhante tentou usar lençóis amarrados como corda para fugir pela janela, mas acabou despencando. Gigiane dos Santos sofreu fraturas e passa por uma cirurgia no momento.

A cuidadora mandou um áudio para o marido após a queda. Na mensagem, divulgada pelo jornal Bom dia Brasil, da Globo, ela relata: “O hospital, que eu estava tomando conta de uma senhora, está pegando fogo, eu tentei pular do terceiro andar, estou toda quebrada no chão, no Badim, aqui no Maracanã, pelo amor de Deus, me ajuda”, disse a mulher.

A hipótese sobre a origem do incêndio é de que houve um curto-circuito em um gerador do hospital.

PODCAST – Está na hora de pedir aumento de salário?