Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

A série de terror da Netflix que você vai querer assistir de luz acesa

Aqui, 6 motivos que vão te convencer a dar play e passar muito medo.

Por Juliana Morales Atualizado em 16 jan 2020, 06h13 - Publicado em 27 out 2018, 10h16

A “Maldição da Residência Hill”, a nova série de terror da Netflix, acabou de chegar, mas já está conquistando o coração forte de quem ama uma produção assustadora. Baseado no livro homônimo de Shirley Jackson, de 1959, o seriado conta a história de um grupo de irmãos que cresceram em uma casa assombrada nos Estados Unidos e precisam lidar com o suicídio da irmã caçula, incluindo, enfrentar fantasmas do passado.

Está sem coragem de começar a maratona? Então, vamos te dar 6 razões – sem spoilers, claro –  para chamar as amigas corajosas e dar play nos 10 episódios disponíveis (mesmo que seja de luz acesa):

Uma mistura que deu certo

Além do horror, a história tem o aspecto dramático que vai te prender. Os personagens são bem explorados e apresentam conflitos internos interessantes. Então, dá para “relaxar” um pouco do medo e pensar no drama familiar.

Tem muitos fantasmas, MESMO!

Às vezes, quando estamos assistindo um filme de terror, ficamos com tanto medo, preparando-se para o susto, que não percebemos alguns detalhes. Em “A Maldição da Residência Hill” tem enormes chances disso acontecer. Porque, além de ser assustadora, o diretor Mike Flanagan brincou de esconder fantasmas pelo cenário. Sério, são muitos! Então, já sabe, se ver um vulto ou sombra no fundo enquanto os personagens estiverem conversando, é isso mesmo que você está pensando. E aí, será que você consegue achar todos? Vamos te ajudar com alguns:

 

Elogiada por quem mais entende do assunto

Receber elogios de um dos mais notáveis escritores de horror, está bom para vocês?   Stephen King, autor de “It: A Coisa”, maratonou a série e deu aquela moral no Twitter. “‘Haunting of Hill House’, revisado e remodelado por Mike Flanagan. Eu normalmente não me importo com esse tipo de revisionismo, mas isso é ótimo. Quase um trabalho de gênio, realmente. Eu acho que Shirley Jackson aprovaria, mas quem saberia com certeza?”.

Selo de aprovação da internet também

Você é daquelas que, antes de começar uma série nova, gosta de fazer uma checagem no Twitter para ver o que a galera está falando? Sim, todos dizem que é assustador, mas também elogiam tanto, que dá vontade de começar a maratonar já!

Nem o elenco escapou

Ok, no fundo, sabemos que é ficção, mas mesmo assim não é tão fácil separar as coisas, até mesmo para quem participou de tudo. O ator Oliver Jackson-Cohen, que interpreta Junkie Luke Crain, contou para o Jornal Metro Reino Unido que teve pesadelos constantes e até algumas visões, durante as filmagens. “Enquanto eu estava me preparando, comecei a pensar que alguém estava sentado no final da minha cama durante a noite, você sabe, somos atores, temos momentos de imaginação estúpidos”. A atriz Elizabeth Reaser, a Shirley Crain na série, também relatou que ficou traumatizada: “Eu simplesmente não conseguia dormir. Eu estava louca, como se meu corpo não soubesse que eu estava fingindo. Não tive experiências fantasmagóricas, mas sinto que algo acontece com seu subconsciente quando você interpreta algo assim por nove meses”.

Elizabeth Reaser interpreta Shirley Crain IMDb/Reprodução

É Halloween!

Sabemos que a tradição de comemorar o Dia das Bruxas é mais no Estados Unidos, mas nada nos impede de entrar no clima e preparar uma noite temática com comidinhas horripilantes e deliciosas e uma sessão cinema de terror com os amigos. E A Maldição da Residência Hill é perfeita para isso. Ei, está esperando o quê?

Reprodução/Giphy

Já viu o trailer?

https://www.youtube.com/watch?v=RqOF0CLWdIc

Continua após a publicidade
Publicidade