Pulseira tecnológica permite que você avise que está em perigo

Um "botão do pânico" discretíssimo permite que você demore poucos segundos para avisar a amigos e familiares que está precisando de ajuda.

Quando você está em perigo na rua, ou até mesmo em casa, avisar alguém através do celular pode demorar tempo demais. Além disso, frente a um agressor, essa não é a melhor maneira de pedir ajuda, pois chama muito a atenção.

Pensando nisso, uma startup americana desenvolveu a Kwema, uma pulseira tecnológica desenvolvida para dar mais proteção e segurança às mulheres. Por fora, ela parece uma bijuteria como qualquer outra, mas possui um software e um pequenino botão que, quando acionado, envia um alerta a amigos e familiares pré-estabelecidos, bem como à polícia e a uma rede de pessoas próximas que estejam conectadas ao sistema da Kwema. O alerta é recebido através de um app no celular, mostrando também a localização da vítima.

kwama-app

“Resumindo, estamos fazendo uma joia de segurança pessoal que funciona em comunidade”, explicou Carmiña Santamaría, fundadora e CEO da marca, numa entrevista ao site Empower Women. A ideia é que, além de contar com a ajuda de amigos e familiares, quem utiliza a pulseira também esteja protegida por toda uma rede de usuários do programa, que podem chamar ajuda com ainda mais rapidez. 

Esse espírito de cooperação coletiva é basicamente o que difere a premissa da Kwema e a da Nimb, startup que está lançando um anel com botão anti-pânico. Mas a motivação é mesma: utilizar a tecnologia – e um belo design – em prol da segurança. 

A pulseira já está em fase de pré-venda através do site e, por enquanto, custa 79 dólares + frete. Dá para reservar agora e receber o acessório em março de 2017. E o melhor: a marca faz entregas no Brasil.