Divirta-se: programação cultural de agosto

A arte deve provocar reflexão, e a agenda cultural deste mês tem atrações para explorar visões diferentes sobre assuntos comuns

Vida em Foco

Na foto de Sebastião Salgado, indígenas da população Zo’é, no Pará, colorem seus corpos com urucum

Na foto de Sebastião Salgado, indígenas da população Zo’é, no Pará, colorem seus corpos com urucum (Sebastião Salgado/CLAUDIA)

A SP-Foto – Feira de Fotografia de São Paulo chega à 13ª edição no mês em que se celebra essa arte. Entre os dias 21 e 25, 33 galerias e artistas brasileiros e estrangeiros trarão ao Shopping JK Iguatemi parte de seu acervo para exposição gratuita. Além de estreantes, como a paulistana Galeria Almeida e Dale e a Zielinsky, de Barcelona, artistas renomados integram a mostra, a exemplo de Sebastião Salgado (acima) e Ana Vitória Mussi (abaixo). O evento também promove palestras e workshops para discutir os rumos da fotografia e visitas guiadas com percursos exclusivos. No Circuito Ateliês Abertos, o público pode conhecer de perto o processo de composição de algumas obras.

Série Negativos, de Ana Vitória Mussi

Série Negativos, de Ana Vitória Mussi (Divulgação/CLAUDIA)

Recorte e cole

 (Sérgio Mamberti/CLAUDIA)

Aos 80 anos, Sérgio Mamberti já é figura consagrada na dramaturgia brasileira. Participou da infância de toda uma geração ao interpretar o querido Dr. Victor, em Castelo Rá-Tim-Bum. Agora, na exposição Comandante Mamberti: Fotos Colagens e Fotos Históricas, ele prova que também tem talento para as artes plásticas. A Galeria São Paulo Flutuante exibe 30 obras do ator, produzidas ao longo de sua vida, entre elas esta acima, sem título, além de registros pessoais, incluindo retratos de quando era criança. Com entrada franca, fica em cartaz até dia 31.

Fauna de aço

 (Bella Scorzelli/CLAUDIA)

Cores, precisão geométrica e uma pitada de humor são os ingredientes que o designer Marcos Scorzelli utiliza para tirar do aço sua coleção que reproduz formatos de bichos, como o elefante acima. Lúdicas, as 20 peças dão continuidade ao legado de seu pai, Roberto Scorzelli, que fazia animais de papel para divertir os filhos. A partir do dia 18, as peças tomarão os jardins do Museu do Açude, no Rio de Janeiro, na exposição Scorzelli Megabichos. A visitação é gratuita.

Rica pluralidade musical

 (Fernando Tomaz/CLAUDIA)

O Festival Bananada 2019 reunirá em Goiânia, do dia 12 ao 18, artistas de diferentes gêneros da música brasileira atual, entre eles Pitty, Criolo e Duda Beat (acima). “Queremos tornar esse um espaço de comunicação e manifestação cultural no momento político complicado em que vivemos”, explica Lucas Manga, um dos coordenadores do evento. Os ingressos custam de 140 a 190 reais.

Veja também