Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês

Pais ajudam filha a ter o maior número de experiências possíveis antes de ficar cega

Um casal de norte-americanos decidiu reunir experiências visuais emocionantes antes que Lizzy não pudesse mais ver

Por Stephanie Bevilaqua (colaboradora) - Atualizado em 28 out 2016, 14h26 - Publicado em 7 ago 2015, 10h15

Aos cinco anos, a norte-americana Lizzy foi diagnosticada com uma doença genética rara chamada Síndrome de Usher Tipo II, que traz a perda progressiva de audição. Segundo os médicos, a garota vai começar a perder sua visão noturna no período da adolescência e, eventualmente, poderá ficar cega. Para que ela possa viver momentos inesquecíveis antes que sua doença se agrave, seus pais listaram lugares incríveis que ela deveria visitar. 

A natureza ganha destaque entre os passeios: As Cataratas do Niágara e o Grand Canyon estão na lista. A garota ainda não sabe sobre sua condição e, por enquanto, acredita estar realizando uma série de viagens.

Em um vídeo, é possível acompanhar a sua visita ao Observatório Warren Rupp, em Ohio, Estados Unidos, onde ela viu o céu através de um telescópio. Definitivamente emocionante!

Divulgação
Divulgação

 

Continua após a publicidade
Publicidade