“Não é ético ter filhos biológicos”, diz ativista do antinatalismo

A espanhola Audrey García, de 39 anos, defende que existem motivos fortes para não gerar herdeiros

Enquanto muitos casais sonham em ter filhos e constituir grandes famílias, os adeptos do movimento “antinatalista” desejam o contrário. É o caso da espanhola Audrey García, de 39 anos, que falou a BBC.

A corrente acredita que o mundo já está superpovoado e com os recursos naturais sobrecarregados. Por isso, continuar “aumentando a população” seria uma “falta de responsabilidade”.

Veja também

Audrey desde adolescente pensava em não ter filhos. Entretanto, foi só aos 20 anos que a ideia se confirmou. “Simplesmente não é algo ético em um mundo superpovoado, onde falta água e comida para muitas pessoas, onde estamos destruindo o meio ambiente, onde não paramos de consumir mais e mais recursos”, disse em entrevista.

Para ela, esse comportamento também está associado ao veganismo. “Como ativista, luto contra todo tipo de exploração animal. Se eu tivesse filhos, seria responsável por criar uma cadeia sem fim de humanos que vão consumir produtos animais, porque não posso garantir de forma nenhuma que meus filhos e netos sejam veganos”, afirma.

Veja também

Ser antinatalista, na opinião dela, também é ir contra o sistema estabelecido, que “supõe que uma mulher está destinada a ser mãe“.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s