Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Fico nervosa nas entrevistas de emprego. Como mostro todo o meu potencial?

Veja as dicas da nossa colunista Cynthia de Almeida e impressione seus próximos recrutadores

Por Cynthia de Almeida Atualizado em 31 out 2016, 11h31 - Publicado em 20 out 2015, 11h01

Tenho um problema com entrevistas de emprego. Sou muito preparada e sei que posso atender as expectativas do recrutador. Mas, na hora da conversa, me bate um paniquinho e não respondo à altura do que posso.

Além de sentar, respirar e tentar meditar por alguns minutos para limpar a mente antes da entrevista, você pode pedir ajuda ao guru. Sim, ele mesmo, o Google, dessa vez personificado no seu Diretor de Operações de Pessoas (um nome moderninho que significa o chefão do RH), Laszlo Bock. Ele tem em seu blog muitas dicas para se dar bem em uma entrevista (o Google é o campeão mundial em número de candidatos a uma vaga na empresa), e a primeira delas é: preveja o futuro. Segundo Mr. Bock, dá para antecipar 90% das perguntas que farão a você em uma entrevista. A primeira delas é “Por que você quer este emprego?”. Outras 19 estão na busca do Google “as perguntas mais comuns em uma entrevista de emprego”. Você pode começar por este link aqui. Escolha 10 ou 20 delas e, para cada uma, escreva uma resposta. Isso mesmo. Escrever pode ser difícil e cansativo, mas é a melhor forma, diz Bock (e eu concordo muito!), de colar coisas no seu cérebro. Ele vai ainda mais longe: na verdade acha que você deve escrever TRÊS respostas para cada pergunta. Para quê?  Se o seu primeiro entrevistador não gostar da sua resposta, você terá uma versão diferente para contar para o próximo. O resultado de todo esse trabalhão é o melhor atalho para conseguir mostrar o que realmente sabe. Acredite e boa sorte!

Cynthia de Almeida é colunista de carreira e escreve aqui no nosso site toda terça-feira. Tem alguma dúvida? Escreva para ela! 

 

Continua após a publicidade
Publicidade