CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR R$ 14,90/MÊS

Festa infantil: Saiba qual é a melhor oficina para os seus convidados

Dicas de oficinas recreativas para cada faixa etária

Por Ana Carolina Castro 19 jan 2019, 08h59

Mais do que entreter os pequenos convidados ou mesmo substituir os brinquedos tradicionais de festas infantis, como piscina de bolinhas ou cama elástica, as oficinas recreativas surgem como uma alternativa para transformar a comemoração em uma experiência ainda mais rica.

Em geral as oficinas obtêm melhor desempenho quando todos os convidados possuem a mesma faixa etária. Sendo assim, são excelentes alternativas de recreação para as chamadas festas escolares, onde o foco está na turma de colegas de escola.

Quando o grupo de convidados abrange crianças de diferentes faixas etárias, a solução é buscar oficinas que possam envolver o maior número possível de crianças e mesclar com outras atividades específicas para grupos menores. Por exemplo, enquanto os maiores participam de uma caça ao tesouro, os bebês podem participar de atividades sensoriais.

Conversamos com Nathália de Souza especialista em recreação em festas infantis da empresa Estação da Alegria para listar as melhores atividades para cada faixa etária.

1 a 2 anos

Aposte em atividades sensoriais e que prendam a atenção dos pequenos como oficinas de pintura e colagem. Nessa fase as crianças ainda são muito apegadas aos pais, então envolva-os na atividade. Atividades musicais também são boas opções.

Continua após a publicidade

3 a 5 anos

“Nesta fase, as crianças já são mais independentes dos pais e conseguem se comunicar melhor. Algumas particularmente ainda são mais tímidas e não se soltam tanto, então é preciso desenvolver mais intimidade com as crianças para conseguir realizar as atividades”, explica Nathália. A especialista indica oficinas que envolvam as crianças, como contação interativa de histórias, oficinas de pintura, colagem, decoração de doces ou artesanato com argila e massinha.

Oficinas para festa infantil Divulgação/Divulgação

6 a 8 anos

Com habilidades motoras mais refinadas, as crianças dessa faixa etária podem desenvolver atividades mais elaboradas, como oficina de fantoches e brinquedos com materiais reciclados. Para Nathália, a grande aposta é a oficina de slime (aquela gosma que os pequenos amam).

Para os maiores de 8 anos

“Sugiro atividades que envolvam desafios e competições em equipes. Não precisa necessariamente ser um esporte, porém as atividades esportivas são bastante usadas com essa galerinha”, explica Nathália. Entre as brincadeiras sugeridas estão pega pega, mãe da rua e queimada.

Continua após a publicidade
Publicidade