Direto da CASA COR: arquitetos ensinam truques para deixar a casa mais confortável

Em sua 30a edição, a Casa Cor São Paulo mostra que a busca por conforto é tendência – até onde ela parece improvável, como no escritório e na cozinha. Inspire-se nestes ambientes: você não vai querer mais sair

FÓRMULA CLÁSSICA 

O quarto decorado pela designer paulistana Marina Linhares reúne elementos que proporcionam bem-estar sem estratégias mirabolantes: móveis de madeira, revestimentos de tecido e cores claras. “Os tons pastel junto dos neutros, como o cinza, são fáceis de combinar e ajudam a relaxar na hora de dormir”, explica ela.

Truques:

Tecido também sobe pelas paredes. Siga as mesmas regras do papel: quanto maior o espaço a ser preenchido, mais discreta a estampa.
 
Para deixar a luz natural mais suave, prefira cortinas de linho ou de gaze de linho, que filtram os raios do sol sem comprometer a elegância.

Victor Affaro Victor Affaro

Victor Affaro (/)

EFEITO DE LUZ 

“Acertar na iluminação é um dos truques para deixar a casa envolvente”, explica o arquiteto paulista Roberto Migotto. No escritório, ele trocou o plafon central de teto pela iluminação lateral (escondida pela sanca de gesso) e pelos focos direcionados em cada nicho da estante. As lâmpadas têm tom âmbar, que é mais quente.
 
Truques:
 
O ambiente é de trabalho, mas não precisa ser pouco amigável. Invista em móveis acolchoados e confortáveis, que tornem sua estadia ali agradável.

O pé-direito alto muitas vezes remete a espaços mais modernos e frios. A estante do chão ao teto minimiza a sensação de amplitude e garante mais comodidade.
 

Victor Affaro Victor Affaro

Victor Affaro (/)

FOCO NOS DETALHES

O arquiteto paulistano Dado Castello Branco adora usar branco em seus projetos. Com anos de experiência, ele ensina como evitar que o tom deixe a decoração fria ou sem graça: “O segredo é preencher o restante do ambiente com objetos pessoais, livros, obras de arte, almofadas e mantas”.

Truques:
Quadros e obras de arte não precisam ser supercaros – e mesmo assim tornam a decoração mais rica. Até no Instagram você encontra artistas interessantes. Fique de olho
 
O cômodo deve ser multissensorial, ou seja, agradar aos diversos sentidos. Invista em flores cheirosas. Se quiser uma opção mais duradoura, prefira velas perfumadas ou aromatizadores
 
Para quebrar a brancura total do ambiente, opte por almofadas em tons quentes
 
Peças de família ou descobertas em antiquários trazem memórias e afeto para a sala
 

Victor Affaro Victor Affaro

Victor Affaro (/)

 ARES DO CAMPO 

A cozinha da designer de interiores Paola Ribeiro foi inspirada naquelas das antigas fazendas de café e das casas de cidades serranas. “Por isso, dei preferência a revestimentos mais rústicos, como o piso de madeira de demolição e a parede de tijolos, e garimpei peças antigas”, diz a carioca.
 
O uso de materiais mais escuros em alguns pontos aumenta o bem-estar. A superfície laqueada é menos porosa e evita acúmulo de gordura
 
A casa muito certinha tem menos chances de proporcionar comodidade. Quebre as regras: nesta mesa de jantar, cadeiras antigas convivem com uma charmosa namoradeira
 
As prateleiras abertas no lugar de armários permitem misturar mimos – como um prato herdado da avó – e plantas aos utensílios da cozinha. “Você conta sua história e ainda ganha em praticidade”, defende Paola