Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês

Como ter um cão sorridente

Ponha em prática algumas atitudes simples que vão fazer seu bicho de estimação ficar ainda mais alegre, saudável e carinhoso

Por Redação M de Mulher - Atualizado em 21 jan 2020, 10h37 - Publicado em 27 nov 2008, 21h00

Como ter um cão sorridente

A felicidade do cão reflete os cuidados
do dono
Foto: Dreamstime

Só quem tem a companhia de um cãozinho sabe como é gratificante chegar em casa e ter um rabinho balançando à sua espera. Animais de estimação são companheiros afetuosos e fiéis. Eles não medem esforços para estar ao lado das pessoas que amam e lhes dão comida, atenção e carinho.

Retribuir todo esse sentimento é muito mais fácil do que você imagina. Não precisa de muito dinheiro nem de frescura. Eles gostam de se sentir queridos e parte da família. Isso, sim, é um presentão para o seu melhor amigo! AnaMaria consultou o livro Como Fazer seu Cachorro Feliz (ed. Larousse) e descobriu seis maneiras para deixar seu companheiro com o rabinho abanando de alegria. Ponha essas dicas em prática e bom divertimento!

1. Hora do trabalho
Dê tarefas ao seu cachorro. Por exemplo: peça para ele buscar a coleira antes de vocês saírem para o passeio diário. Ele vai se divertir em ser seu cúmplice nessa brincadeira.

2. Meu bebezão!
Agradeça pela companhia e pela felicidade que seu cão traz à sua vida. Elogie-o, faça carinho nele, converse e mostre que ele faz parte da família. Apresente-o aos cães que moram por perto. O passeio vai se tornar muito mais gostoso.

Continua após a publicidade

3. Peso sob controle
Para não ter de colocar seu bicho de estimação de dieta, faça mais exercícios com ele. Os cães são muito gulosos e ficam tristes quando você diminui a comida no pratinho. A solução, então, é malhar — especialmente se ele for de porte grande.

4. Dentro da rotina
Bichos gostam de rotina. Eles ficam mais seguros se sabem qual é a hora da comida e do passeio. Para eles, também é ótimo saber em que lugares da casa eles podem ir.

5. Caça ao tesouro
Esconda brinquedos e petiscos pela casa e incentive seu cão a procurá-los. Isso o faz exercitar o instinto de caçador.

6. Totó tá triste?
Se perceber que seu companheiro anda meio chateado, dormindo muito ou recusando comida, fique atenta. Ele pode estar com depressão. Peça ao veterinário para verificar se há alguma causa física para o problema. Caso contrário, cabe a você descobrir o motivo. Os mais comuns são:

· Luto pela morte de um dos donos ou de um animal companheiro.
· Tédio por falta de atividade física e interação com outras pessoas e animais.
· Medo de ruídos, como dos fogos de artifício em dias de festa ou jogo de futebol.
· Ansiedade por dependência excessiva do dono. Nesse caso, a melhor solução é manter a rotina, sem exagerar nos prêmios. Procure limitar o tempo que o animal passa sozinho e compre brinquedos interativos — bolinhas são ótima pedida — para que ele se anime a brincar com você.

Continua após a publicidade
Publicidade