CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 14,90/MÊS

Como estimular os sentidos de seu filho por meio da arte

Pintura, música, dança... descubra como tudo isso desperta a sensibilidade, a cooperação e o amor-próprio

Por Redação M de Mulher Atualizado em 16 jan 2020, 09h33 - Publicado em 10 out 2012, 21h00

Deixe seu filho fazer arte: ela estimula a criatividade e ainda ajuda a superar a timidez
Foto: Getty Images


Não são apenas as pessoas com distúrbios da mente que se beneficiam da prática de pintura, música, canto, dança ou teatro. “A arte facilita a relação com os outros e proporciona conhecimento de si e do mundo”, explica Rosa Iavelberg, professora de Artes da Universidade de São Paulo (USP).

E tem mais: cores, formas e sons ajudam crianças e adolescentes a desenvolver sensibilidade e senso crítico. Descubra o que tintas, tambores e fantasias podem trazer ao seu filho e deixe-o à vontade quando ele estiver fazendo arte!

Por que a arte faz tão bem


. Estimula a criatividade.
. Oferece várias formas de expressão.
. Dá segurança e aumenta a autoestima.
. Melhora a concentração.
. Ajuda a superar a timidez.
. Facilita a vivência em grupo.
. Torna as pessoas consumidores mais conscientes.

7 formas de expressão que tornam seu filho uma pessoa melhor


Pintura desenvolve a coordenação motora

Nem só de pincéis e tintas vive um artista plástico: ele também pode usar carimbo, lápis, canetinha, giz, grafite… A lista de materiais é enorme! Essa atividade desenvolve a sensibilidade, aumenta a coordenação motora e promove a capacidade de fazer escolhas.

Escultura melhora o raciocínio lógico

Com um pouco de argila, massinha ou gesso, é possível fazer bonecos, máscaras, animais e muitas outras coisas. Como é preciso calcular formas e tamanhos, a escultura é ótima para desenvolver a matemática e o raciocínio lógico.

Música exige paciência e determinação

Continua após a publicidade

Não importa se é violão, piano ou tambor: para tocar um instrumento, é preciso ter paciência e treinar bastante. A música dá noção de ritmo, exercita a memória e desenvolve o equilíbrio emocional.

Canto trabalha disciplina e autocontrole

Quem canta aprende a respirar corretamente e ganha resistência pulmonar. Essa prática também melhora o funcionamento do intestino e alivia o coração, além de trabalhar a fala, a disciplina e o autocontrole.

Dança faz a pessoa se aceitar mais

Que a dança aumenta a flexibilidade do corpo, todo mundo sabe: basta ver como estão mais “soltinhas” as atrizes que participam do quadro Dança dos Famosos, do Domingão do Faustão. Mas talvez você não saiba que dançar faz crianças e adolescentes gostarem mais do próprio corpo e se aceitarem melhor. Nas coreografias em grupo, a participação de cada bailarino é essencial para o resultado do conjunto.

Teatro exercita a sensibilidade

Interpretar um personagem exercita a troca, a sensibilidade e a capacidade de improviso. Ao entrar em contato com diferentes obras, autores e pontos de vista, as pessoas aumentam o nível cultural e desenvolvem uma visão de mundo mais ampla.

Escrita estimula a argumentação

Não é preciso escrever uma história para virar autor: valem cartas, poemas e até letras de música. Desabafar os sentimentos por escrito ajuda crianças e adolescentes a pegar gosto pela leitura e exercitar a capacidade de argumentação.

*Esta reportagem faz parte do Projeto Educar Para Crescer.

Continua após a publicidade

Publicidade