CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 14,90/MÊS

Como 10 mulheres reais realizam seus sonhos profissionais

Inspire-se na trajetória de cearenses que revelam suas iniciativas para alcançar seus objetivos e chegar lá

Por Redação M de Mulher Atualizado em 31 out 2016, 11h31 - Publicado em 22 abr 2014, 22h00

As mulheres cearenses respondem como realizam seus sonhos profissionais
Foto: Jarbas Oliveira

Tatiana Morais, 37 anos, advogada
Trabalho muito, até mais do que deveria, para manter a casa em ordem, dar conforto e educação de qualidade para meus filhos, porque o meu maior desejo é vê-los bem.

Sandra Helena Faustino, 46 anos, professora
Leciono na mesma escola há 12 anos e adoraria ser efetivada para ter mais segurança e um salário melhor. Por isso, tenho estudado para tentar passar em um concurso público. Sei que a aprovação só depende de mim. Mas confesso que, muitas vezes, chego em casa cansada depois de um dia inteiro de trabalho e acabo deixando para lá.

Pollyana Gomes, 39 anos, psicóloga
Meu atual maior sonho já estou realizando: permanecer com saúde. Há cinco anos, fui diagnosticada com uma doença autoimune sem cura, a polimiosite. Pior é que não respondi às terapias e cheguei a usar cadeira de rodas. Persisti e, há três meses, um novo tratamento começou a dar resultado. Estou superfeliz: quem tem saúde tem tudo.

Camila Oliveira, 25 anos, nutricionista
Como pretendo construir carreira como professora universitária, me planejei desde o começo da graduação. Primeiro fiz três anos de iniciação científica e, logo que me formei, engatei o mestrado. Quero chegar lá antes dos 30.

Continua após a publicidade

Daniely Brando, 35 anos, fisioterapeuta
O meu maior sonho é ser uma excelente mãe e ter saúde para trabalhar e oferecer à minha filha boas condições de vida. Quero que ela se torne uma grande pessoa. Por isso, procuro dar exemplos positivos e transmitir valores importantes, como honestidade, sempre.

Jordana Mangela, 25 anos, auxiliar contábil
Casar com o Dudu seria minha maior realização no momento. Ele me enrola há três anos, mas de 2015 não passa. Somos noivos à distância, já que ele mora em Minas Gerais. Estou batalhando para ajudá-lo a conseguir um emprego por aqui e, assim, poder mudar para Fortaleza.

Maíra Ortins, 33 anos, artista visual
Meu principal objetivo é dar um up na carreira. Para tanto, tenho estudado bastante para concorrer a uma bolsa de estudos na Europa ou a uma residência artística, iniciativa em que vários artistas convivem, trocam ideias sobre técnicas e trabalham de forma coletiva por um certo tempo.

Ieda Teles, 41 anos, pedagoga
Ver meus filhos formados, independentes e realizados me deixaria muito feliz. Como acredito que apenas pagar bons colégios não é suficiente, faço questão de estar com eles o máximo possível.

Fernanda Scienza, 25 anos, universitária
Procuro me aperfeiçoar constantemente para me tornar uma profissional bem-sucedida e poder bancar viagens e mais viagens. Quero muito percorrer o mundo.

Nalva Faustino, 44 anos, blogueira
Quero tornar o meu blog de moda conhecido e me esforço para postar coisas interessantes e divulgá-lo. Em geral, as meninas se lançam nisso aos 20 e poucos anos. Mas, mesmo tendo passado dos 40, enfrento esse novo desafio com coragem, pois acredito que, independentemente da idade, é possível correr atrás do que amamos

Continua após a publicidade

Publicidade