Suzano: merendeira que salvou 50 alunos recebe homenagens

Silmara fez barricadas com freezer e geladeira e usou uma mesa como escudo

Silmara Cristina Silva de Moraes é merendeira na Escola Raul Brasil, atacada na última quarta-feira (13) por dois rapazes. Eles atiraram contra funcionários e alunos, matando oito pessoas. Depois. cometeram suicídio.

O número de assassinatos poderia ser bem maior não fosse a rapidez de Silmara, que escondeu cerca de 50 alunos dentro de sua cozinha e ainda fez uma barricada com geladeira e freezer.

A merendeira contou que, no começo da confusão, os funcionários pensaram que a correria era algum tipo de brincadeira dos jovens. Só percebeu que se tratava de tiros reais momentos depois dos primeiros disparos. Ela e os colegas usaram ainda uma mesa como escudo.

A prontidão e a coragem em salvar o maior número possível de pessoas fez com que Silmara ganhasse destaque na imprensa e na internet. Não demorou para que ela recebe homenagens de usuários, que a comparam com uma heroína.

Abaixo, veja imagens que estão circulando nas redes.

Siga CLAUDIA no Youtube