Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês

Surfistas e skatistas: Barbie celebra presença feminina nas Olimpíadas

Essa pode ser a primeira vez que o Brasil envia mais atletas mulheres do que homens para os jogos

Por Da Redação - Atualizado em 19 fev 2020, 20h00 - Publicado em 19 fev 2020, 18h08

Em pouco mais de cinco meses, Tóquio será sede dos Jogos Olímpicos 2020. Em sua 32ª edição, a competição deve receber 11 mil atletas de 204 nacionalidades. Desta vez, o destaque fica por conta das novas modalidades esportivas. Skate, surf, karatê, escalada e softbol completam a lista de 33 esportes que serão disputados durante os jogos.

Na contagem regressiva para o início da competição, a Mattel acaba de lançar uma coleção de Barbies que celebram a participação das mulheres nos jogos. Representando cada uma das novas modalidades, as bonecas usam trajes e vem com os equipamentos necessários para a prática de cada esporte, além de medalhas de ouro feitas de plástico.

Mattel/Reprodução

A surfista, por exemplo, vem com o traje de surf e uma prancha. Já a boneca skatista, vem com um capacete rosa, joelheiras, munhequeiras e um skate.

Mattel/Reprodução

Com a expectativa de receber 4,5 milhões de visitantes para acompanhar os jogos, essa pode ser a primeira vez que o Brasil enviará mais atletas mulheres do que homens para a disputa. Por enquanto, das 145 vagas conquistadas pelos brasileiros, 80 são de mulheres. A vantagem é resultado da classificação de esportes femininos coletivos na competição, como futebol, handebol e rúgbi. Nas Olimpíadas do Rio de Janeiro, em 2016, as mulheres representavam 45% do total de atletas presentes nas disputas.

Continua após a publicidade

Segundo o Comitê Olímpico Internacional (COI), o objetivo da competição é atingir equidade total entre os atletas. Para isso, tem aumentado o número de competições femininas e diminuído as provas masculinas em algumas modalidades.

Como se livrar das dívidas e multiplicar seu dinheiro

Publicidade