Quem fala palavrão é mais honesto, diz estudo

Soltar aquela palavrinha feia pode significar mais do que você pensa

Quem nunca soltou um sonoro “que merd*!” que atire a primeira pedra! As interjeições com palavras de baixo calão fazem parte do cotidiano – em pequenas ou grandes doses. O que muita gente não sabe é que tal hábito está relacionado à honestidade.

Isso é o que pesquisadores da Holanda, do Reino Unido, dos EUA e de Hong Kong concluíram em levantamentos recentes. Segundo a pesquisa, pessoas que falam palavrões são menos associados a mentira e dissimulação.

“Xingamentos são muitas vezes inapropriados, mas também podem ser considerados evidência de que a pessoa está dizendo suas opiniões sinceras. Da mesma maneira como elas não estão filtrando a sua linguagem, elas também não estão filtrando seus pontos de vista”, escreveu um dos autores do estudo, David Stilwell, da Universidade de Cambridge.

No estudo, 276 voluntários anotaram todos os seus xingamentos favoritos, a frequência com a qual os usavam e por que gostavam dessas palavras. Depois, todos passaram por um teste de mentira. Os que tinham listas maiores de palavrões também se saíram bem no detector de mentiras.