Presidente da Academia do Oscar é investigado por assédio sexual

Após três acusações, John Bailey está sendo investigado

John Bailey, 75 anos, presidente da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, responsável pelo Oscar, está sendo investigado por assédio sexual, informa a Variety.

De acordo com a publicação, a academia recebeu três acusações de assédio na quarta-feira (14) e começou suas investigações imediatamente. Caso ele renuncie ou seja afastado, será substituído temporariamente pelo vice-presidente.  A próxima eleição já estava marcada para julho.

Bailey é diretor de fotografia e membro da academia há 14 anos. Escolhido presidente em agosto do ano passado, ele trabalhou em filmes como “Gigolô americano” (1980), “Feitiço do tempo” (1993) e “Melhor é impossível” (1997).