Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

MP denuncia secretário de turismo por falecimento de Montagner

O promotor estadual de Justiça do município alega 'conduta delituosa' pela remoção das placas que sinalizavam perigo no local onde ele se afogou.

Por Da Redação Atualizado em 24 nov 2016, 15h05 - Publicado em 22 nov 2016, 12h01

O Ministério Público de Canindé denunciou José Dimas dos Santos Roque, mais conhecido como Dimas Roque, secretário de turismo da cidade de Canindé, em Sergipe, pela morte de Domingos Montagner. O ator faleceu devido a um afogamento após ter sido arrastado pela correnteza do Rio São Francisco, no último 15 de setembro.

Leia mais: Relembre a trajetória de Domingos Montagner. 

Emerson Oliveira Andrade, promotor estadual de Justiça da cidade alega uma conduta delituosa exposta pela remoção das placas que sinalizaram o perigo para a população local e turistas, devido à forte correnteza e a presença de redemoinhos na água. Até o presente momento, Dimas Roque não recebeu a intimação.

Veja também: Inquérito sobre a morte de Domingos Montagner é concluído.

Relembre a tragédia

Domingos, que na época participava da novela Velho Chico, interpretado o personagem Santo, desapareceu no Rio São Francisco e foi arrastado pela correnteza do local onde nadava com a atriz Camila Pitanga, após breve pausa entre as gravações do dia 15 de setembro. O corpo do paulistano de 54 anos foi encontrado a 18 metros de profundidade do rio.

Leia mais: Globo emociona ao usar câmera subjetiva para mostrar olhar de Santo em “Velho Chico”.

Continua após a publicidade
Publicidade