Miss é agredida pelo ex-marido: “Quero que a Justiça seja feita.”

Renata Lustosa, ex-miss Piauí, postou, em seu Instagram, um vídeo para denunciar as agressões do ex-marido, o empresário Leonardo Ramos Henriques.

“Mais uma vez, foi agressão física. Por causa de uma coisa banal, uma briga, mentiras. E por mais que eu e ele estejamos errados, nada justifica um homem bater em uma mulher”, assim começa o vídeo postado pela ex-miss Piauí, Renata Lustosa, em seu Instagram, na noite desta última quinta-feira (24).

Leia mais: Violência doméstica contra a mulher: quando você pode – e deve – acionar a justiça.

A modelo de 27 anos aparece aos prantos, com o rosto sangrando, e denuncia as agressões protagonizadas por seu ex-marido, o empresário Leonardo Ramos Henriques. Segundo o relato da própria vítima, que reside atualmente na cidade baiana de Teixeira de Freitas, os atos de violência foram presenciados por seu filho de apenas dois anos.

Veja também: Nicole Kidman: “Combater a violência contra a mulher é prioridade na minha vida”.

“O que fazer com um monstro desses? Porque com a Maria da Penha, eu vou lá, registro queixas, eles [a polícia] vão atrás dele, um dia, mas no outro ele vai vir, como ele já prometeu um milhão de vezes, ele vai voltar para me matar. E eu não duvido”, confessou no vídeo, apagado posteriormente.

Leia mais: Como se proteger: 10 aplicativos e sites que combatem a violência contra a mulher.

Renata ainda diz que havia sido agredida pelo ex-marido diversas vezes, durante os oito anos que permaneceram juntos. A violência, segundo a própria, foi a principal motivação da separação do casal. Após grande repercussão, a ex-miss decidiu oficializar a denúncia na Delegacia Especializada do Atendimento à Mulher (Deam), de Teixeira de Freitas, nesta última sexta-feira (25).

Veja também: “Você é louca”, escreveu Parisotto para Luiza Brunet, em 2014.

“Resolvi falar, resolvi denunciar porque recebi apoio de muita gente, tomei a coragem de vir à delegacia, estou mais calma diante de toda a situação. As agressões iniciaram durante o namoro, período longo, mas, sempre eram agressões leves, tapas, empurrões, coisa que a gente deixava passar. Porém, depois que passamos a conviver na mesma casa, com bebê no colo, já cheguei a ser agredida com tapa no rosto e ainda recebia ameaças de morte, caso procurasse a polícia”, desabafou, depois de ter feito a denúncia, em outro vídeo gravado na porta da delegacia.

Leia mais: “Movimento pela Mulher”: Corrida em São Paulo luta pelo fim da violência de gênero.

Renata Lustosa foi Miss Piauí em 2011 e miss Beleza Baiana em 2007. “Eu nunca tive coragem de ir à delegacia da mulher porque eu sei que a Lei Maria da Penha é mais severa para o agressor do que ir na delegacia comum. Eu já tinha ligado para a delegacia para saber se tinha como registrar queixa sem que eles procurassem o agressor, porque sempre tive medo, porque ele me ameaçava de morte. Quero que, daqui pra frente, a Justiça seja feita”, comentou em entrevista concedida ao G1. O caso está sendo investigado.

Veja também: #TambémÉViolência: campanha lembra que agredir uma mulher vai além de violência física.