Menina abusada por padrasto define “amor” de forma triste

Irmão da criança de 12 anos flagrou o homem tocando a irmã. Ela conta que abusos aconteciam há quatro anos

Uma menina de 12 anos contou à policia que era abusada sexualmente pelo padrasto desde os oito anos. Em desenho feito após ser acolhida por psicólogos da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), no Espírito Santo, a forma como ela descreveu a palavra amor comoveu a equipe.  “Amor. Isso é uma coisa que tiraram de mim sem dó, sem piedade. Como se eu fosse um objeto sem sentimento”, informa o G1.

O padrasto é um missionário de 55 anos, parceiro da mãe da vítima, que vive com as duas e a filha do casal, de sete anos. O irmão da vítima por parte de pai foi visitá-la e flagrou os abusos, denunciando o crime. Segundo a polícia, os abusos aconteciam durante a manhã, momento em que a filha do missionário estava na escola. “Enquanto uma estudava, a enteada era abusada dentro de casa. A vítima estudava à tarde”, disse o delegado Lorenzo Pazolini, da (DPCA).

Além disso, ele retirou a porta do quarto da enteada para facilitar os abusos. “Durante esses quatro anos, ele retirou a porta do quarto da vítima porque ela se trancava dentro do quarto. Ele tirou para ter um acesso mais rápido”, disse o delegado.

O homem negou que tenha cometido os estupros. “Ele negou os abusos, mas admitiu que mesmo sendo missionário usa drogas em menor quantidade que a mãe das meninas”. A mulher é dependente química e, por isso, não prestou depoimento formal à polícia. Ele foi encaminhado para o Presídio Estadual de Vila Velha V, no Complexo de Xuri, e segue sendo investigado.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s