Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês

Mãe que tentou vender o filho diz ter raiva pois garoto é fruto de estupro

O suspeito de negociar a venda do garoto foi preso nesta terça (15) de manhã

Por Da Redação - Atualizado em 18 fev 2020, 11h54 - Publicado em 15 jan 2019, 17h12

Maria Roque Rocha foi presa por tentar vender seu filho de 12 anos, em Santa Maria da Vitória, no oeste da Bahia. Ela revelou em um depoimento à polícia que estava disposta a vender a criança pois tinha raiva do garoto por ele ser fruto de um estupro.

O homem responsável pela venda do garoto tem 71 anos e foi preso no final da manhã de terça-feira (15). O suspeito, segundo a polícia, já tinha passagem por tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo.

O delegado e coordenador regional da Polícia Civil, Alexandre Haas, contou que Maria confessou também ser revoltada com a própria mãe, avó do garoto.

Entenda o caso

Maria Roque mora em Botuporã, mas viajou para Santa Maria da Vitória com a intenção de vender seu filho. Segundo ela, o garoto seria levado para outra família brasileira que está morando no Japão. Com a venda, ela ganharia um total de 70 000 reais.

Continua após a publicidade

O delegado contestou a versão de Maria e afirmou que a história do garoto ser levado para o Japão foi inventada pelo aliciador para iludir o menino. A criança está na casa de um tio e será acompanhada pelo Conselho Tutelar.

Leia também: Mãe é presa por vender filho de 12 anos por R$ 5 000

Siga CLAUDIA no Instagram

Publicidade