Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Juiz condena caçador ilegal a assistir “Bambi” na prisão

"Ele abatia os cervos ilegalmente como troféus", afirmou o promotor público

Por Da Redação Atualizado em 19 dez 2018, 22h28 - Publicado em 19 dez 2018, 18h54

Condenado à sentença de um ano pela Justiça por caçar ilegalmente centenas de cervos nos Estados Unidos, David Berry Jr. recebeu a nada convencional ordem de assistir mensalmente ao filme ‘Bambi’.

A pena, concedida pelo juiz Robert George, do Condado de Lawrence, na Dakota do Sul, ordena “ver o filme de Walt Disney, Bambi, com a primeira exibição sendo em ou antes de 23 de dezembro de 2018, e pelo menos uma dessas exibições a cada mês” na cadeia do condado.

Segundo o jornal Springfield News-Leader, David foi chamado pelos agentes de conservação como “um dos maiores casos de caça ilegal de cervos na história do Estado”.

Continua após a publicidade

“Ele abatia os cervos ilegalmente como troféus, principalmente à noite, por causa de suas cabeças, e largava os corpos apodrecendo”, afirmou o promotor público Don Trotter, do condado de Lawrence.

David também irá cumprir 120 dias na prisão em Barton, Kansas, por causa de sua violação na liberdade condicional por porte de armas de fogo.

Seu pai, seus dois irmãos e outro homem ajudavam David nas caçadas e tiveram suas licenças de caça, pesca e armadilha revogados pelas autoridades. Os homens tiveram que pagar o equivalente a 200 mil reais em multas. Já Berry, além do dinheiro, ficou com a condição de assistir, mensalmente, a produção da Disney lançada em 1942.

Leia também: Vítima de João de Deus relata abuso na presença do pai

Lembra dela? Lety, de A Feia Mais Bela, surge irreconhecível

Siga CLAUDIA no Instagram

Continua após a publicidade
Publicidade