Índice de estupros em São Paulo cai pela primeira vez no ano

Mesmo assim, quando somados todos os crimes de estupro de todo o ano até o mês de julho, a comparação com o mesmo período de 2017 mostra uma alta de 13%

Segundo dados divulgados na segunda-feira, 27, pela Secretaria da Segurança Pública, os números dos crimes ocorridos no Estado de São Paulo em julho oscilaram muito em relação ao mesmo mês do ano passado. Entre os índices, houve baixa nos números de estupros e homicídios.

O registro do Estado mostrou que houve reduções nos índices de crimes hediondos como homicídios (-8,9%), latrocínios (-34,3%) e estupros (-2,9%) e, também, em roubos (-15,7%). Os crimes de estupro vinham aumentando mensalmente desde outubro de 2017 e o novo número fugiu desse padrão pela primeira vez em 2018.

Com relação aos estupros, a secretaria analisa que o aumento nos registros feitos nas delegacias é uma consequência das muitas campanhas que incentivam essa ação partindo da vítima. Esse seria um fator mais definitivo do que uma queda na onda de criminalidade propriamente dita.

Leia mais: Kate Middleton tem uma cicatriz perto do rosto e a história era segredo

Mesmo assim, quando somados todos os crimes de estupro de todo o ano até o mês de julho, a comparação com o mesmo período de 2017 mostra uma alta de 13%.

Ainda que o número no Estado tenha diminuído, na cidade de São Paulo, no entanto, o número de 49 vítimas de homicídio em julho do ano passado saltou para 67 no mesmo período deste ano. Os índices resultam em uma alta de 36%.

Esse crescimento na quantidade de casos, quando se leva em consideração a quantidade de ocorrências feitas em delegacias e não a de vítimas, foi de 29%.

Leia também: Novela ‘O Tempo Não Para’ vai perder um grande nome do elenco

Na capital paulista, outros crimes como latrocínio (-20%), roubos (-14,2%), roubos de carga (-21,8%) e estupro (-7,1%) registraram queda.

Em nota, a Secretaria da Segurança disse estar trabalhando em políticas públicas tais como o “investimento em tecnologia e aperfeiçoamento do trabalho policial, fatores que auxiliaram na redução novamente em julho da taxa de homicídios dolosos”, em relação à taxa do Estado. “É o menor índice desde o início da série histórica, com 7,05 casos para cada 100 mil habitantes.”

Veja mais: Veja os mimos que os convidados do casamento de Camila e Klebber ganharam

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s