Idosa é velada por 8 horas, mas volta ao PS após suspeita de estar viva

Por muitas horas, a família dessa idosa velou um corpo que não parecia estar morto

Um caso curioso aconteceu em Bagé (RS). Uma idosa de 80 anos foi velada por cerca de 8 horas até que a família suspeitou que a mulher estava viva. Rosaura Vaz, 80 anos, foi dada como morta na última terça-feira (20). Segundo relato de familiares ao G1, a idosa passava bem nos últimos dias, quando veio a notícia de sua morte.

O filho dela, Jesus Alberto Chaves, conta que chegou a conversar com a mãe, no final de semana anterior ao dia 20, sobre a possibilidade de um churrasco, mas a mulher veio a falecer conforme lhe foi informado.

Porém, até a confirmação do caso, a trajetória foi longa. Isso porque, após o corpo de Rosaura ser liberado pelo Instituto Médico Legal, alguns detalhes de seu velório começaram a chamar a atenção da família. Jesus conta que a mão de Rosaura, ao ser tocada, suava. Além disso, o rosto da mulher permanecia corado, mesmo horas após sua morte.

Desconfiados de que algo de estranho pudesse estar acontecendo com Rosaura, a família decidiu conferir se ela estava, de fato, morta.

+ Não perca o que está bombando nas redes sociais

“Minha irmã trouxe o aparelho da pressão, e deu 12 por sete. Fez de novo a medição, e chamamos o médico. Ele demorou 40 minutos para chegar. Olhou as pupilas, e não tinham dilatado. Não disse mais nada. Deu as costas e chamou a ambulância. Depois, levou para dentro do pronto-socorro. Passamos por aquela humilhação de carregar a mãe de novo para uma maca, tirar do caixão”, relatou ao G1.

No hospital, Jesus contou que a morte da mãe foi confirmada. No atestado de óbito, consta que Rosaura morreu em decorrência de uma parada respiratória devido a um cisto cerebral.

A polícia civil de Bagé investiga o caso e aguarda o lauda da necropsia para saber qual foi o horário exato da morte de Rosaura – uma vez que em seu atestado consta a hora da morte às 0h24, sendo que o enterro estava programado para 17h, mas aconteceu às 22h.

Leia mais: Casal é condenado por desnutrir bebê ao submetê-lo à dieta vegana

+ PODCAST: De onde tirar forças para superar a dor