Homem que matou os cinco filhos é condenado à morte

Com menos de duas horas de deliberação, a decisão foi tomada de forma unânime pelo júri

Timothy Jones Jr. foi condenado à pena de morte nesta quinta-feira (13) pelo assassinato de seus cinco filhos em 2014. A decisão do júri foi tomada de forma unânime com menos de duas horas de deliberação. Caso um único jurado discordasse, Timothy receberia prisão perpétua sem direito a condicional.

Um dia antes da condenação, Amber Kyzer, a mãe das crianças, pediu que o poupassem da execução pois, apesar de desejar “arrebentar a cara dele”, ela sabia que seus filhos amavam o pai. “[Ele] não demonstrou a menor compaixão, mas meus filhos o amavam”, disse ao júri.

Aos 37 anos, ele será o segundo condenado à pena de morte na Carolina do Sul nos últimos cinco anos. Desde 2011 o estado não executa prisioneiros e, atualmente, não possui as drogas necessárias para uma injeção letal.

Crimes

Timothy possuía a custódia das crianças desde 2013, quando se divorciou de Amber após nove anos de relacionamento. Na época, ela decidiu deixá-lo com os filhos pois ele tinha um carro e uma renda anual de 80 mil dólares por seu trabalho como engenheiro de computação.

Homem que matou cinco filhos é condenado à morte

 (Tracy Glantz/AP/Reprodução)

Depois de colocar todos os corpos em sacos, Jones os carregou no porta malas do carro e dirigiu por nove dias até jogar os corpos em uma região desértica. Ele foi preso em 6 de setembro de 2014, em Smith County, cidade do Mississippi, quando um policial percebeu um cheiro forte de decomposição no veículo durante uma parada de rotina.

Durante o interrogatório, Jones assumiu ter matado as crianças, mas alegou que foi em legítima defesa. Ele disse que pensou que os filhos poderiam “cortá-lo e dar de comida para os cachorros”.

Os advogados de Timothy alegaram que ele sofre de esquizofrenia. Disseram também que a doença foi o que provocou tudo. Ainda de acordo com a defesa, a esquizofrenia teria sido ativada após a mulher o trair e que ele estaria sobrecarregado por cuidar dos cinco filhos.

Leia também: Mãe é condenada à prisão após defender namorado que matou filho

+ Tio de namorada de Rafael Miguel sobre crime: “Morreram tarde demais”

Vote e escolha as vencedoras do Prêmio CLAUDIA