Homem mata ex-esposa após mudança no cabelo realizada por ela

Aposentada passava por procedimentos estéticos a fim de recuperar a autoestima perdida durante anos de violência doméstica nas mãos do ex-marido

A aposentada Lucília Vaz de Oliveira, 47 anos, foi morta pelo ex-marido da aposentada, o cantor Francisco Aldo Ribeiro, 50 anos. O homem não aceitava o fim do relacionamento e as tentativas da ex-companheira em recuperar a autoestima perdida ao longo do casamento.

O crime aconteceu em 19 de dezembro deste ano, no bairro de Perequê-Açu, em Ubatuba, no litoral norte de São Paulo. Francisco esfaqueou Lucília enquanto a aposentada lavava roupas no tanque da casa em que morava com a mãe.

Em entrevista ao jornal Cidade Alerta, a irmã da vítima conta que Francisco era um homem violento com Lucília e a sobrinha. “Ele tinha quebrado os dentes dela, deu uma paulada na minha sobrinha – que levou cinco pontos.” Em outra agressão, Lucília chegou a perder o útero após golpes do então marido – violência que a fez botar um fim no casamento de sete anos com o cantor.

Lucília chegou a prestar queixa contra Francisco na Delegacia de Defesa da Mulher local, onde consta três boletins de ocorrência registrados em 2014, 2015 e 2016. O cantor foi preso após a denúncia e uma medida protetiva foi expedida pela justiça.

Porém, há cerca de um ano, Francisco obteve a liberdade concedida. Ele, então, começou a perseguir a ex-esposa, que passava por um período de tratamentos estéticos, como o odontológico e capilar. Ela havia acabado de realizar a recuperação dos dentes e colocado apliques com tranças, com a intenção de recuperar a autoestima perdida após anos de violência doméstica.

Inconformado com os novos rumos tomados por Lucília, Francisco pôs fim à vida da aposentada. “Nós, mulheres, vivemos a merce de homens crueis. Ela não foi a única”, desabafou a irmã. O cantor segue foragido.

 

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s