Goleiro Bruno recebe propostas de times e irá à Justiça pedir para jogar

Ele foi condenado em 2013 a 22 anos de prisão por homicídio triplamente qualificado, sequestro e cárcere privado

Bruno Fernandes, 32, ex-goleiro condenado pelo assassinato de Eliza Samúdio, poderá retornar ao futebol. De acordo com a defesa do jogador, Bruno teria recebido proposta de alguns times, um deles é o Poços de Caldas FC.

A informação das negociações foi confirmada pela Folha com os representantes de Bruno. Nesta terça (13) o time Poços de Caldas FC divulgou uma publicação curiosa nas redes sociais. “Nosso trabalho é um trabalho social dando oportunidades a todos. Em breve estaremos anunciando uma grande contratação”.

Veja o que está bombando nas redes sociais

Os representantes do ex-atleta confirmaram que houve propostas de outros times, mas não divulgaram todos os nomes e não falaram em qual Bruno deseja jogar.

Bruno foi condenado em 2013 a 22 anos de prisão por homicídio triplamente qualificado, sequestro e cárcere privado. Em setembro de 2017 teve a pena reduzida a 20 anos e 9 meses e está em regime semi-aberto desde julho deste ano.

Leia mais: Mãe de Eliza Samudio conta como neto descobriu crime cometido por Bruno

+ Adolescente é achada morta com perfurações no corpo e rosto desfigurado

Carga mental: você se sente sobrecarregada em casa?